Finais do I Campeonato Paranaense

by Administrator  Dia 20/6/2014
Foram provas quentes no inverno Paranaense, São José dos Pinhais tornou-se a capital do Agility sul brasileiro desde agosto de 2013, bem opostas as de fevereiro quando fez frio no verão. Tudo pareceu meio ao contrário nesse Campeonato, menos o sucesso. Esse sim, está bem longe de ser fracasso. O Paranaense, e suas cinco etapas, foi nota 10!
Sexta
20/06/2014
Estivemos nas cinco etapas do I Campeonato Paranaense de Agility e as finais, disputadas dias 14 e 15 de junho de 2014, foram as melhores para nossas duplas. Foram cinco pódios e a conquista de três boas colocações nos rankings, que ainda precisam ser confirmadas após a publicação dos resultados e pontos. Foto acima by Fabi Estiga, Elvis na pré pista com Vìvian.

A equipe AgilityESP nas etapas Finais do Paranaense

Fabiano/Bola - Border Collie - Standard Grau 3
Fabiano/Glee - Heeler Collie - Iniciante Standard
Vívian/Elvis - Border Collie - Veterano Standard
Vívian/Bola - Border Collie - Standard Grau 1

4ª Etapa

Começando pelos iniciantes: Com a Glee (foto abaixo by Jorge Daniel Franzoni) entrei novamente na categoria pela experiência de pista, importante para ela. Com as provas desse final de semana, já foram 8 entradas. Como sou graduado (condutor Grau 2 ou 3) não fomos ao pódio. Mas no combinado de tempos terminamos com a primeira colocação. Elvis e Vívian no veteranos não tiveram provas boas, mesmo assim conseguiram terminar as duas pistas e na terceira posição o combinado, foram ao pódio.

Vívian fez suas primeiras pistas com Bola. Na primeira uma desclassificação, mal posicionada e atrasada não mostrou corretamente o obstáculo para o cachorro. Na segunda pista um Excelente Zerado.

E finalizando a etapa, Fabiano e Bola, jornada dupla para o dog, fizeram apresentações boas no Grau 3, porém duas faltas na primeira pista e uma na segunda terminaram com a segunda posição, um bom pódio na primeira vez. E alguns pontos no ranking.

5ª Etapa

Dividi a narração da prova dos iniciantes com a entrada em pista com a Glee. A concentração não foi das melhores, mesmo assim fizemos duas boas pistas. No entanto a segunda, com uma falta e um refúgo, foi ruim. Apesar da ótima velocidade apresentada por ela.

Elvis e Vívian (foto ao lado by Jorge Daniel Franzoni) foram melhores. Além do peso dos seus 11 anos, Elvis sentiu a grama fofa e mediu vários saltos, como havia feito sábado. No segundo percurso Vívian deu mais confiança para o dog e isso ajudou bastante, foi a melhor do final de semana.

No grau 1, Vívian e Bola deram um Show. Zeraram o combinado! Venceram a prova e de quebra já subiram para o grau 2. Seria o esperado para uma dupla praticamente grau 3, o detalhe é que eles nunca treinaram.

E no grau 3 novamente ele, Billy Bola, venceu. Duas pistas zeradas para nós. Mas eu estava contente com aquilo que achava ser um segundo lugar. Ao terminar os dois percursos não sabia que estava na primeira colocação, mesmo assim sabia que estava no pódio e comemorei a segunda posição. Foi um final de semana ótimo. Em nossas vidas, eu e Bola, nunca havíamos feito dois pódios em uma etapa dupla. Só eu não sabia da falta da Fernanda com a Laka na primeira pista. Assim acabei vencendo e a primeira colocação no pódio foi o desfecho perfeito para uma temporada sensacional.

Pódio grau 3 standard da 5ª etapa do ICPR (da dir para esq): Representante da Hercosul, Nicole, Aurélio com Guapo, Marco Polo Rauth, Fabiano com Bola, Paulo Prado (árbitro), Fernanda Lesnau, Felipe Minet e a representante da Virbac.

A desclassificação

Na soma das quatro pistas de Vívian e Bola não tivemos uma falta sequer, apenas uma desclassificação. O mérito da dupla foi fazer pistas para zerar. É difícil um cão respeitar o condutor, mas Bola foi muito fiel a condutora nessas provas.

O agility porém não perdoa distrações, no único momento de pouca atenção de Vívian veio a eliminação. Vídeo ao lado.

Sem títulos

Terminamos o paranaense sem títulos, algo que não importa muito, de verdade. Tivemos um no Brasileiro, do Elvis, e uma boa posição do Bola no grau 2 standard. Entre os 10 melhores. Mas no regional que disputamos não.

Foram poucas provas, apenas cinco. E num campeonato curto como esse é importante marcar desde o início bem. Mesmo assim acredito que ficamos com três pódios nos rankings. Do grau 1 Standard (Ví/Bola), Grau 3 Standard (Fabiano/Bola) e com certeza, 3º lugar para o Elvis no veterano.

Confirmadas as boas posições terá sido a melhor temporada da história da equipe.

Mesmo assim voltamos pra casa com um troféu. Foi esse ao lado, lindo prêmio, entregue pelo Aurélio que recebeu no lugar da Vívian em Itú, nas finais do XV Brasileiro em que não estivemos presentes.

Próxima temporada

O calendário nacional já foi divulgado, a princípio disputaremos o XVI Campeonato Brasileiro e a VI Copa CBA, que começa agora em agosto. Serão juntas 10 provas e além disso esperamos disputar novamente o II Paranaense e talvez o possível Sul Brasileiro de agility. Mas isso é outro assunto.

Obrigado pela visita e por ter lido!

Fabiano Estigarribia
http://www.agility.esp.br/fabi

Curtinhas

:) Vìvian passou com Bola para o grau 2 de forma meteórica. Em quatro provas três excelentes zerados;

:) Glee fez oito pistas nessa temporada, completando sete delas. Apenas uma desclassificação;

:) Dessas sete pistas foram seis excelentes zerados, sem faltas de tempo ou percurso. Uma ótima retrospectiva;

:) Em termos de medalhas foram cinco no final de semana. Duas do Elvis e três do Bola, que subiu no pódio tanto com Vìvian quanto comigo no domingo;

:) A cada medalha ganhamos um ursinho de pelúcia, oferecido pela Virbac;

:) Para os primeiros lugares, a Three Dogs (Hercosul) oferecia um saco de ração. Com nossas boas provas, do Bola, no domingo livramos 16kg;

:0 Duas semanas sem precisar comprar comida!!! Adoramos o Paranaense!!!



| Voltar ao Topo |

Roadtrip 2014

by Administrator  Dia 2/3/2014
Quase férias, porque pra ser férias mesmo você tem que fazer nada. E isso nós realmente não fizemos. Já programando uma Roadtrip 2015 ainda maior e mais longa, vamos contar um pouco de como foram esses 10 dias que passamos fora de casa em Fevereiro de 2014.
Domingo
02/03/2014
Quando você viaja de carro precisa ter paciência, bebida e comida. Uma coisa eu aprendi nesses 30 e poucos anos de estrada: "tenha o que comer". Dividir a viagem em partes é uma grande sacada. Diversas divisões. Se vai pra um lugar que nunca foi procure saber como é a viagem, procure pontos e crie referências.

Nossa viagem tem três pedaços. De Gravataí até Floripa (Florianópolis), depois de Florianópolis até Curitiba e de Curitiba até São Paulo. Mal divididos essas partes representam as três metades dos quase 1200km que precisam ser rodados de Gravataí até Sampa City.

Mas as paradas são outro assunto.

Itanhaém Beach

Ajudado pela Wikipedia descobri que o município de Itanhaém é o segundo mais antigo do Brasil, foi sede de uma das Capitanias lá pelos idos de 1500 e é cortada por uma importante Ferrovia, que parece não operar mais. Uma pena.

Na ida para São Paulo, alertados pelo rádio sobre um congestionamento de 10km na entrada do Rodoanel, achamos legal pegar a estrada que liga a BR116 até o litoral do estado de São Paulo. É uma estrada super tranquila, mas que não passa nunca porque a velocidade máxima é 80km/h e tem muitos controladores e passa por Itanhaém.

Paramos para uma hora de descanso na Praia. Melhor coisa que fizemos naquele dia, talvez a melhor coisa que fizemos em fevereiro até aquele momento. Paramos o carro em um quiosque na beira da praia , deixamos o carro aberto na sombra e lá fomos nós pro mar. 9 horas da manhã.

Promessa, no Roadtrip 2015 passaremos mais de um dia na praia, não uma hora. Foto ao lado: Vívian e Coca na beira da praia.
 

V Chestival - o primeiro contato com agility em 2014 oficial foi no sábado dia 8 de fevereiro. Mais de 70 duplas de vários estados, ótima prova e ótimos resultados.

Théo entrou com a Glee (vídeo ao lado) em ritmo de prova no fraldinhas, Vívian com Elvis completou as duas pistas e Eu (Fabiano) com o Bola ficamos na 3ª posição o Open 2 e 3. Só não foi perfeito porque uma falta acabou nos afastando do grau 3.

Théo fez um trabalho importante pra mim, confiei nele como condutor.

Semana em São Paulo

Não vivemos apenas de agility em nossas viagens. A semana foi para ficar em casa, na verdade na casa dos pais da Vìvian. Comemoramos dois aniversários lá, fizemos alguns passeios legais e treinamos um dia na ABRAFA. Muito bem recebidos como sempre pela Betina. Obrigado!

Chegamos entre um treino e outro de agility. Wesley Massarelli é o treinador da escola. Levamos três cães: Bola, Coca e Glee. O primeiro para dar uma confirmada na ótima fase em que está, não errou nada. Coca para conhecer mais um lugar. Quando você tem um filhote ou um cão jovem vale a pena investir um pouco nessa socialização em diferentes pistas e pisos. Treinou e sentiu zero, ótima cachorra. E a Glee treinou comigo e com o Théo. Ótimo, eles tem um futuro incrível se o Théo levar a sério a condução.

Além do agility e aniversários, pegamos uma semana de muito sol, dias quentes e vários banhos de piscina acompanhando sempre um horizonte diferente de Sampa City.

Etapa dupla do Paranaense em Pinhais

Sexta-feira, dia 7, ainda estava programada uma ida na Dog World para um último treino, adiada para a próxima passagem, nossa, pelo estado. Prontos para começar a arrumar tudo visando a viagem na madrugada rumo ao Paraná.

Saímos as 4 da madrugada e foi uma viagem com muita chuva até São José dos Pinhais, prenúncio do que seria o final de semana todo. A chuva não é um problemão pro agility, é chata e se queremos competir temos que aguentar.

Théo entrou novamente em pista, dessa vez como cão branco. Não ganha nada só quilometragem, mesmo porque ele não conseguiu completar nenhuma pista zerado, o que ele fez foi apenas um treino para a condução. Muito válido, vale dizer.

Os resultados bons ficaram por conta da Vívian com Elvis (foto acima by Miguel Ferigatto). Foram dois segundos lugares e a manutenção da vice liderança no Ranking desse estadual na categoria veteranos standard.

Com Bola não fui bem. Apenas uma pista terminada no final de semana e sem a possibilidade de buscar o segundo combinado zerado. Um pouco frustrante. Fica a lição para as próximas provas, trabalhar mais a concentração, foi o que faltou.

Nessas etapas fica um agradecimento especial para o Sr. Marco Polo Rauth, já escrevi um texto sobre isso no meu blog, está aqui. Não é fácil realizar um campeonato e julgando pelo que tenho visto ele é o grande responsável pelo sucesso da competição.

A volta pra casa

Quatro horas da tarde já estávamos com o carro na estrada prontos para voltar pra casa. O tempo continuava ruim, chuvinha fraca e chata. Engraçado que a primeira hora de viagem foi assim, no entando acompanhando o termômetro do carro, dava pra ver a temperatura subir. Dos 16, 17 graus em Pinhais para 28 quando chegamos em Barra Velha com sol! Inacreditável, parecia outro país, outro dia, outra viagem.

Voltar para casa e programar a próxima viagem. Em abril para o Campeonato Brasileiro de Agility, 7ª e 8ª etapas da Competição. Reta final do Maior Campeonato do nosso país. É isso ai. Até lá!

Fabiano Estigarribia
http://www.agility.esp.br/fabi

Curtinhas

:) 1200km é a conta redonda de km que percorremos normalmente. Pela praia é um pouco mais;

:) As praias do Rio Grande do Sul são bem diferentes das que temos em todos os outros estados. Aqui são pouco recortadas, com vento e água fria;

:) Quando cansamos de ouvir nossas músicas a saída é ouvir rádio. Entre Curitiba e Registro só uma rádio presta, a Verde Vale;

:) As músicas são péssimas, mas ouvir as histórias que eles contam é sempre engraçado;

:) Chester foi um dos grandes cães do agility nacional entre 2006 e 2009. Foi bi-campeão brasileiro com Samy Wroblewski;

:) Foi a primeira vez que participamos da competição que começou em 2010 como Festival Grau 1 de Agility;

:) As últimas etapas do Campeonato Paranaense de Agility ocorrerão em Junho, dias 14 e 15.

| Voltar ao Topo |