Vamos as coisas boas então

escrito por Fabi Estiga nesta data  25. abril 2010 18:47

Fizemos uma ótima estréia na equipe nova. Foram, no final de semana quatro medalhas pra seis cães. Hoje Guíça ganhou o Grau 1 da 6ª etapa, Bola ficou em segundo e ambos no grau 2. Não gostei das minhas apresentações com o Bola hoje. Foram dois excelentes zerados e fiquei me devendo uma apresentação mais forte.

Tentei na última pista fazer mais, algo diferente, a pista era do Samir, mas a falta de treino fica clara quando se tenta chegar mais perto do limite, que não estava muito longe diga-se. A estréia foi melhor na minha opinião, com o Bola, lá no InCão. Hoje nem achei que ficaria entre os cinco melhores. Não vi a prova e ai vale uma explicação.

Foi a primeira vez que fui responsável pela condução da Vivian com a Guíça. Mas ela não sente o cachorro na mão ainda. Talvez seja um problema de treinamento da Vivian, falta de autonomia. E eu cobro isso dela. Na primeira pista do grau 1 e entramos em todas, nós dois, ela terminou zerada. Segundo EZ. Eu entrei e zerei também, foi meu 2º EZ. Terminamos em 1º e 2º, os únicos zerados. Óbvio que bastava pra ambos terminar suas pistas sem faltas pra ganhar as provas e mudar de grau.

Porém quando elas entraram em pista, segunda perna do AG1 da 5ª etapa, foram desclassificadas numa parte muito simples, básico. Isso me tirou fora do sério. Ser técnico é FODS, pra ajudar alguém tem que ser muito equilibrado nesse sentido. É preciso blindar o cérebro contra o coração. Razão X Emoção. Entrei em pista e por um acaso "dos destinos" o Bola derrubou a barra do salto onde a Guíça foi desclassificada. Que MERDA pensei. Fui fazendo o percurso e fui zerado até não chamar o cachorro para o penúltimo salto. Desclassificado.

Fazia tão pouco sentido pra mim terminar aquela pista que não corrigi ele. Provavelmente teria marcado uns pontos.

Na pista seguinte, Agility Grau 1 da sexta etapa, julgamento do Augusto (Gepeto) ambos zeramos e fomos para o grau 2. Dessa vez, nem quis saber a colocação que fiquei, só fui pra tentar tirar o máximo do máximo. Terminei com um refúgo e uma falta. No final ainda fiquei com a segunda posição, atrás da Vivian com a Guíça que terminou essa mesma prova com uma faltinha.

Bom, não tenho mais cães no grau 1 novamente. Bola é o quinto que sai e é o quarto que vou tentar passar pro  3. Agora é preciso treinar mais. Brigado aos que estiveram do meu lado nessa jornada.

Foto da Dani, Bola.



Tags:

Comentários

25/4/2010 19:31:26 #

Maria Valladares

Olha... a Viví ficou em primeiro e vc em segundo, foi isso!?

No Torneio Conny & Hermann, disputamos o Open 2-3 Mini eu com o Zael, o Jorge com o Faíxca e a Lívia com a Carol. Nós 3 somos muitíssimo parceiros e treinamos juntos. Um sempre torce pro outro, mas claro que cada um queria ganhar.

Eu apostava sinceramente que seria primeiro o Jorge, pela experiência, depois a Lívia, pela constância, e por último eu, fadada a minha constância... constância fazeção de merda! huahauhauhauha

Enfim, tive um surto psicótico de capacidade e zerei 3 das 4 pistas do finde. Fiquei em primeiro, depois a Lívia e por último.... o Jorge! No pódio, sacaneamos o cara: Po, tu é o mais experiente e ainda assim ficou atrás de duas mulherzinhas, uma com um Cocker e outra com um Sheltie viadinho!

Sabe o que ele respondeu?

"ÓTIMO, SINAL DE QUE ESTOU FAZENDO UM BOM TRABALHO COMO TÉCNICO E INSTRUTOR!"

O cara perdeu, mas ficou orgulhoso pelas crias! hehehehe

Parabéns aos dois!

Maria Valladares |

25/4/2010 20:07:44 #

fabi

Exatamente Maria, Guíça/Vivian 1º e Bola/Fabiano em 2º. Então, essa foi a primeira vez que fiz todas as instruções da Vivian com a Guíça e foi o melhor final de semana das duas.

A Vivian é capacitada, tem mais tempo de agility do que eu, nem precisaria de instruções.

fabi |

25/4/2010 20:55:49 #

Vívian Razel

Faa, parabéns pela passagem pro 2 e tks pois sei que "tecnicar" e competir não é fácil.

Vívian Razel Brasil |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"