Esvaidersom

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. fevereiro 2009 14:45

Fotinho do meu filhote. Nem sei de onde tirei isso ou se alguém me mandou. Não sei nem de quem é a foto, mas tá ai o bicho. Se alguém souber diga para que eu possa creditar.

As características dele sempre foram correr atrás das crianças e outros cães. Sempre gostou muito de brincar com bolinha e de cabo de guerra, mas o negócio dele era qualquer coisa que não estivesse parada. O Bola e a Mini que eram os outros dois mais ativos gostavam mais de brincar comigo. A Mini até era mais legal que o Bola, mas era pequena e não queria um semi Standard, logo decidi pelo Bola que sempre foi minha primeira opção.

O Vader tá com a Val, muito bem cuidado, e fico feliz com isso.



Tags: ,

O tempo vai fazer com que eu me esqueça...

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. fevereiro 2009 14:12

Motivado pelas imagens abaixo, do Aurélio, Zé e Bruno, pensei um pouco sobre o que é o tempo dentro da vida de um cachorro e nas nossas também. Sinceramente não parece que estou metido no agility há seis anos. Não parece também que esse seminário que participei, sem cachorro porque o Schummy tinha dois meses de idade, foi há tanto tempo. O fato é que o tempo passa rápido. A Hook que me levou a conhecer o agility ia fazer 10 anos, foi meu primeiro cachorro, e também não parece que foi em 1999 que fomos comprar aquele bicho comprido.

Quando comecei a treinar o Schummy ele tinha 1 ano e nove meses, já deveria com essa idade estar competindo pelos padrões de hoje, quando com quatorze ou quinze meses os cães só esperam completar os 18 pra competir no grau 1. O Bola é um caso de apenas aguardar o tempo, não que tenhamos corrido com o treinamento dele, que foi bem natural, mas é fato ele poderia entrar em pista tranquilamente no grau 1. Ano passado eu dizia que faltava mais de ano pra ele pode competir, passou rápido.

O Mel, Schnauzer que aparece no pódio ao lado do Spike e do Zé, era um cachorrinho bem legal. Não era um foguete, mas era um cachorro pra competir no grau 1 e era o que ele fazia. Não é mais vivo e mesmo que fosse duvido, devido a idade, que ainda estivesse fazendo agility. Quando começou também já não era tão jovem assim. É um exemplo de cachorro que veio de Expos de beleza para o Agility.

Spike que foi a quatro mundiais, acho (to com preguiça de procurar agora), já não entra mais em pista, Brenda continua sua caminhada, bravamente, agora ao lado de Fernanda, Schummy segue comigo enquanto que o Poodle que tinha futuro, era bem espertinho, nunca entrou em pista. Agility é assim mesmo, depende de nós e não dos cães. Até por isso acho justo dizer que quem era sempre é o condutor, mesmo que não seja. Ah o Bola não tem prazo pra entrar em pista, uma coisa de cada vez. Primeiro tenho que completar pistas com a Guíça que tá na fila há muitos anos.

Tempo maldito.

Na foto Bola, Guíça e Schummy e o ano em que cada foto foi tirada, porém nasceram em 2007, 2005 e 2003. Pelas contas o próximo deve ser em 2009, mas não será.



Tags:

Tudo é possível 2

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. fevereiro 2009 18:07
Na linha das fotos constrangedoras, incriminatórias e até vexatórias segue essa do Aurélio treinando um Poodle. Teria ele se rendido aos atributos da raça?
Essa foto é tão velha quanto as outras duas (Bruno e Zézinho), de abril de 2003. O poodle tinha futuro até, mas seu dono, como mostrou o tempo, não.


Tags:

Pequena homenagem ao Cuore

escrito por Fabi Estiga nesta data  25. fevereiro 2009 23:24

Escrevi um pequeno retrospecto da passagem do Cuore pelo Agility. Da estréia em 2007 no gauchão até a última prova 2ª etapa do X Campeonato Brasileiro. Faria cinco anos hoje, 25 de fevereiro, por isso foi hoje ao ar. Esse foi um dog que acompanhei desde o início do treinamento. Vi pela primeira vez em Floripa onde deu um pega no Aurélio de deixar marca eterna. Primeira prova, primeiro pódio, primeira colocação em final de Campeonato, primeira vitória, enfim...

Link para reportagem logo abaixo:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=952



Tags:

E a véia se foi

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. fevereiro 2009 20:27

Dia triste aqui em casa, pra pensar nos que ficam e lembrar dos bons momentos e até nos que não foram tão legais assim ao lado do nosso primeiro cachorro a Hook. O nome na época foi escolhido porque meu pai trabalhava com material de pesca e em tudo viamos escrito Hook (gancho ou anzol em inglês). E o rabo dela, quando andava, parecia mesmo um anzol. Era a mais legítima Dachshund mimada, desde pequena, dormindo junto conosco, comendo migalhas na mesa e tudo mais que não devemos fazer.

Foi adestrada, fez uns obstáculos de agility, ia pescar, fazia buracos, sobreviveu ao Schummy, a Love, Goda, Tiga, Guíça e até ao Bola, mas infelizmente a doença e umas complicações depois da castração, unidas a idade (quase 10 anos) a levaram de nós. O dia é triste como já comentei, porém a vida continua e os que estão vivos precisam de nós.

Ficam as ótimas recordações da Hook, algumas fotografadas outras apenas na lembrança. Véia, um dia nos encontramos.

Hook, Love e Schummy.


Hook e Schummy quando tinha dois meses de idade.
 

Novamente com Schummy.


Na TV com Paulo Borges.

Novamente com Schummy.

Fazendo Agility. Abril de 2003.

Solzinho de inverno.

Depois de uma caminhada.

Defendendo o ossinho.

Cavando um buraquinho.

Dia de pesca.



Tags:

Nésto é encontrado

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. fevereiro 2009 15:16

E hoje tivemos a notícia, ótima, de que o Nésto foi encontrado vivo. Um pouco machucado e magro, mas vivo e isso apesar da morte de Cuore é uma grande felicidade.

O importante é isso e não tenho mais detalhes sobre o assunto.



Tags:

Weave 2x2 da Susan Garret

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. fevereiro 2009 13:34

Muito interessante o método da Susan Garret para ensino do slalon principalmente porque com esse método no início e possível fazer algo que em outros métodos passa batido que é premiar o cachorro apenas por ter entrado certo.

Basicamente em 10 dias o cachorro aprende a fazer o obstáculo inteiro.

Achei interessante que ela usa o mesmo sistema que usei aqui com em casa com as barras mais abertas para dar, depois de ensinado, velocidade e acertar a passada. Só vi o primeiro dos dois DVD´s, emprestados gentilmente pela Val, gracias amiga, porém dá de 10 no outro aquele que ensina o cachorro a entrar na caixa, kkk.

Parece que a Val está treinando um dog nesse sistema, vamos aguardar mais informações.



Tags: , ,

É sempre carnaval no Brasil

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. fevereiro 2009 13:28

"Quem me ve sempre parado, distante, garante que eu não sei sambar.
To me guardando pra quando o carnaval chegar."

Chico Buarque


Tags:

Chef Nóstra e o Frango Basco

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. fevereiro 2009 20:36

Diz ele que foi em homenagem ao dono do Blog, mas tenho minhas dúvidas. Acertou no frango e no basco, mas talvez tenha errado nos ingredientes. Azeite de oliva? Que coisa mais light. Nóstra me mandou essa foto. Como legenda "eu e minha equipe" sem dizer quem é ele, enfim, vamos aguardar mais informações.

Frango basco

Ingredientes

 

2 pimentão vermelho

2 pimentão verde

400 g tomate

½ Kg frango

1 cebola

3 dentes de alho

2 colheres azeite de oliva

100 ml vinho branco

90 g presunto de Parma

3 colheres salsa picada

 

Corte os pimentões em tiras finas e reserve. Corte os tomates em pedaços. Corte o frango em pedaços e tempere com sal. Aqueça o azeite e adicione o frango até dourar, transfira p/ um prato com papel toalha.

 

Refogar a cebola, o alho, os pimentões e os tomates por 10 min. Adicione o vinho, tampe e deixe cozinhar por 30 min. Acrescente o frango e deixe cozinhar por 20 min. Transfira para uma travessa.

 

Frite o presunto e distribua sobre o frango. Decore com salsa.

 

Espero que aqueles que duvidaram do meu talendo, façam essa receita e comprovem a qualidade do prato....

Bom apetite !!!

 

Nóstra



Tags:

Aposto num BiCampeonato

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. fevereiro 2009 17:26

Ano passado minha aposta do Brasileiro foi o Samy com Chester, acabou dando realmente a dupla. inclusive uma pesquisa de opinião foi feita junto aos blogueiros de plantão. O resultado final foi, por muito pouco Samy/Chester 1º, Tamaio/Bilão em 2º e o 3º não me lembro agora.

Pelas minhas contas em off a classificação do Top 5 é a seguinte:

1º Rodrigo/Panda 86
2º Samy/Chester 85
3º Luciana/Ricco 85
4º Otáveio/Evita 76
5º Aurélio/Cacau 71

Diferença mínima entre os cinco, apenas 15 pontinhos. O mais regular foi Otávio e Evita, com 32 e 44 pontos. O mais irregular foi Rodrigo/Panda com 13 e 73. Luciana com Ricco e Otávio com Evita completaram as quatro pistas, os outros três tiveram pelo menos uma desclassificação.

Por amizade, consideração, nepotismo, enfim... deveria apostar também na baixinha voadora (Cacau), mas infelizmente tem muita gente melhor que ela (kkk) e além de tudo irregulares como estão, pufff, é difícil. A posição é merecida, como a das demais duplas, e poderia ser melhor não fosse a desclassificação no Agility da 2ª etapa.

Na foto, nada a ver com o post a Carol da Katia em pista. Bonito o matagal lá trás, um verde de se perder.



Tags:

Tudo bem com a Hook véia

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. fevereiro 2009 14:02

Tá melhor a véia e se continuar assim amanhã volta pra casa. Menos mal.

A Vivian me mandou quatro fotos minhas e da Guíça em pista. A primeira é um bom momento a segundo um mal momento, impagável e representa bem aquilo que eu sinto quando sou desclassificado. Brigadão Vivian!




Tags:

Gripado

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. fevereiro 2009 13:24
Cai de cama, terça-feira e só estou levantando hoje. A fase não é boa também. Minha Dachshund mais velha, a Hook, foi pro hospital e está lá até agora. Uma inflamação no Útero acabou em castração. Não era minha idéia tirar cria dela, mas uma opereção num cão com quase 10 anos é complicado. Vou ver ela agora, depois voltamos a rotina.


Tags: ,

Meio desligado

escrito por Fabi Estiga nesta data  17. fevereiro 2009 16:47

Confesso que a notícia do acidente do Marco me deixou bem desligado  Por mais que exista a possibilidade de acontecer, na verdade qualquer coisa em qualquer lugar, não é porque você está dentro de um carro que as chances aumentam, nunca estamos realmente preparados para ouvir certas verdades e essa é uma delas. Um cão morreu, outro ninguém sabe onde está, três pessoas e um cachorro passam bem, mas a ferida fica aberta até que o tempo faça seu trabalho.

O Artur falou muito bem sobre isso no Fórum da CBA dizendo "Somos uma familia, como qualquer outra com algumas desavenças, mas somos uma familia.
Por isso ao sabermos desta triste noticia não podemos ficar indeferentes.".

Mesmo com um travo na garganta temos que seguir a vida.



Tags:

Muito triste

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. fevereiro 2009 15:27

Acabei de saber pelo Aurélio que na volta para Curitibe Marco Polo, seu filho e a Tati sofreram um acidente. Na mesma hora liguei pra Fernanda que me contou que o acidente aconteceu perto da divisa entre São Paulo e Paraná. Hoje ela e o Aloísio foram atrás dos cães e encontraram o Border Collie Cuore morto na beira da estrada. Oa que tudo indica após o acidente, que não sabemos como ocorreu, Cuore e Nésto se soltaram das suas caixas que segunda a Fernanda ficaram irreconhecíveis. Nésto está desaparecido. Austin o terceiro cachorro está bem, assim como Tati, Marco e seu filho.

Muito triste isso.

Eu ia escrever um post sobre como esse final de semana foi complicado. Tivemos em pista o incidente com Joselito (Jack Russel Terrier) que por pouco não fica cego, o acidente da Candy (Pastor de Shetland) que deixou todos com o coração na mão durante a prova de sábado, graças a deus está tudo bem com ela. A morte da mãe do Henrique Garcia no domingo e pra finalizar o acidente do Marco. Que final de semana negro pro agility.



Tags:

Ivy na Folha online

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. fevereiro 2009 08:52

A notícia não é nova, mas vale um Post. A Ivy cachorrinha da Sara Favinha saiu na Folha online na seção Mascotes da Semana. Bonita a história, confesso que não conhecia. Pra quem ainda não leu o link segue abaixo:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/bichos/ult10006u503070.shtml



Tags: ,

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"