Música tem cheiro

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. novembro 2014 22:59

Os mais novos não entenderão, mas música tem cheiro. É algo que pode ser sentido, não apenas pela alma, mas também pelo toque. Perdi o costume de pegar os encartes dos Cds quando compactar, baixar, comprar música pela internet passou a ser muito mais simples. Mas quem disse que o simples e rápido é bom? Miojo é simples e rápido.

Faz tempo que converso sobre isso com as pessoas, uma necessidade de tocar na música. Mais precisamente sobre discos. Primeiro pensando em comprar um toca-discos, uma vitrola, um prato, um deck. Pra voltar a escutar os bolachões. O chiado, o ritual, o toque, o processo e o cheiro. Quem não viveu os tempos dos discos não tem a menor noção do que é abrir um disco novo, sentir o cheiro do encarte e colocar ele pra tocar enquanto lê a ficha técnica da bagaça.

Eu entendo até que você pode achar tudo isso muito profundo, um saco. Concordo e durante uns 10 anos fui levado por essa comodidade do clique aqui e clique ali e leve a música para qualquer lugar. Hoje resolvi tirar esse nó da garganta comprando o Sonic Highways, que tem um puta encarte com muitas fotos, coisa que fã curte pouco.

Agora enquanto escuto as músicas, numa qualidade muito, mas muito maior do que eu tinha, já que baixei do youtube, cheirando o encarte que não tem caixa, é como se fosse uma capa de disco só quem tamanho PP, tenho a sensação do que perdi nos últimos 10 anos. Porém fico menos triste já que nem todas as bandas tem esse lance que o Foo Fighters tem, de produzir um material tão bom quanto esse. Agora me resta apenas, comprar os outros sete discos de estúdio da banda. Como bom fã que devo ser, é o mínimo que posso fazer por quem me dá tanto por tão pouco.



Tags:

Música

Até o próximo domingo - tantas e tantas coisas

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. novembro 2014 22:25

Foi um final de semana bem cansativo. Lavar os carro e cachorro, cortar a grama, mercado, treino... deu até pra tomar um chimarrão no final da tarde fazendo planos pro final de ano.

Comecei vendo a corrida da Stockcar, Barrichello campeão. Muito legal, um ótimo piloto que levou azar na Fórmula 1, cansei de falar. Quando teve o melhor carro na F1 tinha ao seu lado o melhor da história. Ai fica difícil. Existe uma diferença incrível entre pilotar carros Fórmula (Fórmula 1, Indy, GP2, Fórmula 3) e esses carros bolha, como são os da Stock. Barrichello conseguiu o título no seu segundo ano na categoria.

Último dia do mês, domingo, treinamos um pouco. Exercícios básicos. Na real não há muito o que fazer faltando menos de uma semana para a prova, que ocorrerá em Itú, em um condomínio fechado. Sexta etapa. Já aproveito para replicar o comentário do Artur sobre a última etapa da VII Copa Paulista. Não será mais no final de semana anterior ao A&C.

E o treino foi muito bom. Vìvian treino com a Coca e acredito que estão bem preparadas pra esse início de desafio. O melhor e a intenção é entrar em pista e ver o que acontece. Treinar o fica, zona e tals. Trabalhar com os acertos e com os erros. E partindo desse ponto continuar o trabalho para 2015. Vìvian treinou o Bola e eu a Glee. Passarela e saltos. Acho que conseguiremos fazer algo amanhã, bem curtinho e depois só em "Andyou?". Tenho uma ótima lembrança de Itu, o pódio de 2º lugar no Ranking do Brasileiro com a Guíça.

Abaixo o Bola pouco antes de matar a touca do Santa.

Semana curta para nós, que na quarta-feira estaremos começando nosso desloucãomento. Bons dias para todos!



Tags:

Até o próximo domingo

Estrangeiros do Paulista

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. novembro 2014 10:05

As próximas etapas da Copa Paulista serão disputadas em início de dezembro, dia 6. Vulgarmente conhecido como "sem ser esse o outro sábado". E a última etapa, permanecendo este calendário, no dia 11 de abril. Um hiato de quatro meses entre as etapas. Muito tempo, mas é o que temos pra hoje.

A etapa da VII Copa Paulista está no lugar das provas da Copa CBA, que foi transferida para fevereiro por falta da fotocélula, e já conta com vários estrangeiros. Aqueles que, como eu e Vívian, haviam programado a viagem e cuja vontade de estar em pista é maior do que a razão. A 7ª etapa também deverá ter uma quantidade de estrageiros significativa, uma vez que será realizada no mesmo local onde, dias depois teremos o Américas e Caribe 2015.

Ou o efeito da maratona de provas de Janeiro -> Maio cause o efeito contrário.

Então teremos uma curva de crescimento fora da tangente dos 65 inscritos, média dessa Copa Paulista, que no final das contas dará a falsa impressão de que houve um crescimento e de que não foi tão baixa comparada aos outros anos.

Agora, são 12 duplas inscritas com 8 de fora do estado. PR, RJ e RS. Não acredito que aumente muito.

Dia desses publiquei essas porcentagens PE 26/3 - 11,5% | RJ 27/4 - 14,81% - 12% | SP 64/7 - 10,93%. Que são referentes ao número total de inscritos X número de iniciantes. Na abertura do Brasileiro não foi muito melhor que isso. Na primeira etapa 122/19 - 15,57%.



Tags:

Agility

Vamos ligar mais luzes

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. novembro 2014 16:37

Fericatt está preocupado com o que as pessoas não andam escrevendo. Aqui está o texto dele. É para pensar. Leiam lá. A verdade é que as redes sociais acabam dando um lugar ao sol para muitas pessoas, inclusive pra este que bloga dia sim, dia não.

A explosão dos blogs de agility ocorreu num momento específico em que os Fóruns esfriaram. Pros mais novos, o Fórum do Agility News primeiro, e depois o da CBA, bombavam e as grandes discussões do agility ocorriam por lá. Quando a bola baixou lá ainda não haviam tantas redes sociais e o Facebook nem era o caso ainda, ainda havia o Orkut bombando.

Acho que deveríamos ligar mais luzes.

Essa semana mesmo, a Fabiane (Larry, Xsara), postou lá no site do Marquinho ou Zuckinho (depende), falando sobre o doguinho que ela tá treinando e que é surdo. Cara essas experiências mereciam estar melhor documentadas, porque não deve ser o único caso de cachorro surdo, certo? Esqueci de comentar com ela, não deu tempo.



Tags: ,

Blogoland

Pernambucano com Gaúcho nos julgamentos

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. novembro 2014 09:03

Aurélio Schubert estará julgando, lá em Pernambuco, as etapas finais do VIII Campeonato estadual este final de semana. A Galera lá faz direto esse intercâmbio com árbitros de outros estados. Duas características interessantes do Aurélio: 1. normalmente ele faz pistas compatíveis com o nível dos competidores, normalmente (não sempre) kkk. 2. sempre tem um túnel debaixo da passarela. Não na subida, nem na descida. No meio! Normalmente.

Inscrições para 9ª e 10ª etapas

Serão 26 duplas no sábado e 26 no domingo. A lista de inscritos mostra um momento de pouca renovação. São apenas 3 duplas iniciantes. Duas mini e uma standard. Parecido com o do Rio de Janeiro e sua lista para a abertura da XI edição. A chave do crescimento está com os iniciantes.

Galera do Rio de Janeiro e de Pernambuco, não é uma crítica, nem conselho. Só uma constatação, que não é algo regional. Todas as listas de inscritos contém poucos iniciantes. Inclusive a da Copa Paulista, que pelo número de duplas final de 65 duplas deveria ter mais gente nas categorias Mini/Midi e Standard. Na quinta etapa foram sete.

Em termos percentuais, levando em conta o número de duplas inscritas é tudo praticamente igual:

PE 26/3 - 11,5% (sábado e domingo)
RJ 27/4 - 14,81% (sábado) 12% (domingo)
SP 64/7 - 10,93% (sábado)



Tags:

Agility

Melhora significativa - Coca vai pra pista

escrito por Fabi Estiga nesta data  25. novembro 2014 22:15

Sem pressão, sem cobrança, como se fosse um treino, mas de verdade. Essa é a wibe da CT da Vívian com a Coca. Vou adiantando aqui, antes da Vívian falar qualquer coisa, porque acho que vai ser legal pra elas essa experiência.

O dog está longe de estar pronto, falta terminar slalon, gangorra, Rampa A e outros acertos. E são pra esses acertos que vejo a prova como uma ótima oportunidade para tentar melhorar a preparação das duas visando o Grau 1. Elas não vão competir um ano na categoria. Longe disso, talvez duas ou três provas, assim como fiz com a Glee.

Foto by: Miguel e Edilene Ferigatto

Experiente sim, acostumada não

Com 10 anos de agility, Vívian é uma condutora muito experiente. Já conduziu oficialmente Elvis, Tobby, Guíça e o Bola. Para essa prova da VII Copa Paulista entrará com o último da lista. No entanto desde 2007 ou 2008 não coloca um cachorro em pista, que ela tenha treinado. Guíça e Bola chegaram prontos.

Esse costume de colocar cães novos, zerados de pista, pra rodar não tem.

Prepara!

Particularmente eu acho que elas poderão zerar as duas pistas com ótimos tempos. Mas duas coisas pesam muito nessas horas. O primeiro ponto é a pista. A maioria dos treinos, a base, a gente faz em casa. São 150 metros quadrados, meio triangulares. Pouco espaço. Complica muito para o condutor. Sinto isso quando vou conduzir a Glee. O segundo ponto é a loucura intrínseca na Coca, que muitas vezes está controlada e que a qualquer momento pinta dependendo da disposição e posição da Vívian.

Se ela conseguir comandar o cachorro, creio eu, vai ser muito bom. Agora é pagar a ct e correr.



Tags: ,

Agility

Os Martinez

escrito por Fabi Estiga nesta data  25. novembro 2014 19:51

Cover dos Beatles com os Martinez, só o Bira (batera) que não é da família, mas dizem que é como se fosse. Mixado pelo grande Daniell Nakkamura.



Tags:

Música

Deus ajuda quem cedo madruga

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. novembro 2014 10:15

Particularmente prefiro não dormir do que acordar cedo. Esse aspecto vampiresco me persegue desde sempre. Meus amigos, de 20 anos atrás, não entendiam como eu conseguia, hoje ainda meus amigos de 10 anos atrás, não entendem e provavelmente os próximos, futuros. Também não entenderão. Não é que eu durma pouco, sono é algo que eu prezo demais na minha vida.

O assunto acaba sempre sendo eu, egocentrismo.

Só que não. Nesse post é o horário de start das provas de sábado em Itu/Sorocaba da VII Copa Paulista. Elas serão iniciadas as 8 horas. É cedo, e apesar de achar ruim acordar nesse horário, acho bom começarmos as provas e acabarmos com maior antecedência. O que não dá é pra perder essa hora durante o dia, nas montagens de pista, reconhecimentos e premiações. Há tempos quando o número de inscritos deu um salto grande, as provas passaram a terminar tarde, e ai o horário de início passou a ser 9 horas ao invés de 10. Problema é que em determinado momento pareciamos estar adiantados e essa hora acabava perdida com o relaxamento de todos.

Os iniciantes precisarão acordar primeiro. As inscrições já estão abertas, link abaixo:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=2154

Geralmente chegamos na prova uma hora antes da primeira pista começar. Pra descarregar e montar tudo com calma, sem estresse. Pra que isso ocorra precisamos sair, normalmente, uma hora antes do ponto inicial que é a Zona Norte de Sampa, casa da mãe da Vìvian. Pra uma prova que começa as 8 horas precisaremos acordar as 5:30, porque ainda temos que carregar o carro.

Cronograma:

05:30 acordar e carregar o carro
06:00 #partiuprova
07:00 chegada na prova
07:30 acampamento montado
08:00 início das provas

O lado positivo é que tudo deve estar encerrado, pela média de cães em pista na Copa Paulista, bem cedo. No entanto por ser a última prova do ano em São Paulo é possível que muitas duplas coloquem seus nomes na lista.



Tags:

Agility

Te aguento há 5 anos

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. novembro 2014 20:17

Dizem que é bodas de madeira ou metal. De qualquer forma independente das bodas o importante nesse história é que estamos ai há cinco anos já. O tempo passa, vamos para o terceiro natal nessa casa, então em vários pontos de nossas vidas estamos mais pra lá do que pra cá.

Tipo o Elvis, assim como a Vìvian, tem cinco anos de Rio Grande do Sul, 10 de agility. Logo nos próximos meses podemos dizer que o agility dele está mais pro RS do que pra SP. Nessa casa que moramos hoje estamos há mais tempo do que na casa de São Leopoldo, juntos. Já temos dois cães juntos e um peixe agora.

Como família (eu, Ví e Théo) já são mais de 4 anos.

Passamos por várias coisas juntos nesse tempo. Quase perdemos todos os cachorros num acidente de carro, quase perdemos a vida de verdade, mudamos de casa como já falei, temos dois cães (Glee e Coca) que são nossos por escolha, os outros são nossos por obrigação. Brigamos muito também por causa de viagens, ignorâncias, bocabertíces, cachorros, gatos, filhos, família, lado da cama...

No dia que completamos 5 anos jogando no mesmo time, vejam só, temos um Curíntia e Grêmio pelo Brasileirão.

Foi bom te encontrar.



Tags:

Geral

O que resta pra nós é Copa Paulista

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. novembro 2014 08:37

Rapidinho, antes de começar o espediente oficialmente, o que nos resta agora é disputar a etapa simples da Copa Paulista que será realizada dia 5 de dezembro em Sorocaba, informação não oficial.

Na verdade, como a Vívian bem fala aqui, nossas viagens pra Sampa sempre foram, são e serão, cheias de compromissos extra pista. Inclusive profissionais, como é o caso agora. Para esse final de semana não importa mais agora se haverá ou não prova de Agility, eu tenho que ir de qualquer forma. Questões profissionais, impossíveis de cancelar.


Link para mais fotos: http://ferigatto.wordpress.com/fotos/

No entanto ao invés de deslocar família e cães de carro poderia ter ido sozinho de avião se fosse o caso, de maior programação. Para comprar passagens mais baratas com antecedência. Sim sou dessa classe que viaja de avião porque de uns tempos pra cá ficou mais barato e agora nem é tão mais barato assim.

Só pela prova, uma etapa simples da VII Copa Paulista não vale a viagem. Não recomendo pros que são de foram. Guardem o dinheiro porque termos um 2015 muito, mas muito forçado. Mas como diz meu primo: "tá na porta do inferno, te abraça com o diabo".



Tags:

Agility

F12014 - FINAL - Hamilton deve ganhar

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. novembro 2014 18:38

Voltei, estou em casa após um giro pelo centro do estado. 700km. Rodar nunca foi um problema pra mim. Fiz quase toda a viagem sozinho. Apenas na volta arrumei um companheiro, que não falou uma palavra sequer.

Mas o assunto, aqui e agora, é a decisão do título em Abu Dhabi. Hamilton e Rosberg disputam o título numa prova que tem pontuação dobrada. Regulamento ridículo, que praticamente blinda o campeonato, que só poderá ser decidido na última prova.

Hamilton deve ganhar, precisa apenas chegar em segundo lugar, e deve ganhar porque foi melhor durante o ano que Rosberg. Amanhã começam os treinos.



Tags:

F12014

Explicando melhor

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. novembro 2014 23:19

Fui em tudo quanto foi lugar hoje, região central do Rio Grande do Sul. E uma coisa não me saiu da cabeça. A mudança de calendário. Cheguei a conclusão que talvez eu chegasse sem a mudança que ocorreu agora, de que ou vamos para as provas nacionais e deixamos o A&C de lado, ou vamos para o A&C e deixamos a prova anterior e posterior fora. Tudo não vai dar pra fazer.

As alterações apenas tornaram a conclusão da programação mais rápida.

Agora, esse post, é pra falar sobre o assunto comentado pelo Artur aqui. E gostaria de explicar o contexto do post todo, sem retirar um parágrafo apenas e analisar como se fosse esse o sentido dele. Não foi a minha intenção.

Quando comentei que o A&C 2015 teria um custo parecido com algumas edições anteriores, na gringa, quis dizer que os custos para competir estão a cada dia mais caros. Agora mesmo com o aumento da gasolina vamos gastar 10% a mais na viagem. Só de gasolina. Ou seja, de 600 para 660 reais. Parece pouco, mas no final das contas mesmo, não é. Isso para ir e voltar de SP. Sem contar outros deslocamentos, como por exemplo Sampa -> Cotia. São em dois dias 240km, com trãnsito quase meio tanque de combustível, ou, mais 70 reais.

Tudo está caro no Brasil. Passagem de avião é caro, viajar com cachorro é caro, aluguel de carro é caro, hotel é caro... E isso acaba deixando as viagens mais caras. É óbvio.

Fora do contexto parece que estou reclamando do custo do Américas e Caribe, quando na realidade estou falando que o calendário não ajuda muito. A CBA não tem culpa do preço da gasolina, nem da alimentação. Meno ainda a Comissão que organiza o Américas e Caribe, no entanto com tantas provas seguidas (entre o dia 24 de janeiro e 14 de março são menos de 60 dias e seis provas nacionais) é impossível se resguardar financeiramente.

Mas novamente, quero deixar claro que: para que eu possa evoluir, competindo contra os melhores, em campeonatos nacionais, eu perco dois dias úteis a cada viagem. E faço seis viagens por ano. São 12 dias perdidos de deslocamentos. Quero que cada um que lê esse post faça uma conta rápida do quanto cada um deixará de ganhar, ficando esses 12 dias parados.

Na verdade fazendo essa conta você chegará na seguinte conclusão: "fazer agility é inviável".

A realidade

No final das contas, ninguém vai deixar de participar porque é ou está caro. Agility é um esporte caro. Tem gente que gasta mais de 1000 reais em treino. Quem sou eu pra reclamar dos meus 700 de gasolina, não é? Ninguém vai deixar de competir porque eu (Fabiano) acabei deixando uma frase fora de contexto que acabou dando outro entendimento ao parágrafo. As pessoas não levam muito a minha opinião em conta. Se levassem pediriam mais ela. São mais de 15 mil visitas mês no AgilityESP e ninguém pergunta o que eu acho das coisas.

Talvez porque eu ache sem que ninguém pergunte.
Talvez por isso tenhamos tantas visitas.

Mas eu gostaria de ter mais a opinião de vocês. Sinceramente.



Tags:

Agility

Copa CBA subiu no telhado

escrito por Fabi Estiga nesta data  18. novembro 2014 22:23

Coisa de uns dois anos eu surtei com uma mudança de calendário, tem gravado ai em algum lugar, num RockAgility da vida. Perdi uns pontos naquela oportunidade porque fui muito além do que é aconselhável. Enfim, nem sempre a gente acerta e naquela ocasião o meu desabafo foi o que muitos gostariam de ter feito. Se eu tive coragem ou fui louco o bastante...

Particularmente gostaria de ser menos crítico e ou morar em São Paulo.

Hoje ocorreu outra mudança no calendário, a Copa CBA em dezembro foi transferida para 21 e 22 de fevereiro. Por dois motivos: falta de fotocélula e de local para realização das provas. Melhor cancelar agora do que anunciar no dia da prova um possível cancelamento pela falta do aparato eletrônico.

Com isso o que estava marcado, de uma forma quase ideal de dois em dois meses agora está embolado em 2015. Nacionais em Janeiro, Fevereiro e Março, Américas e Caribe em Abril, e novamente em Maio a Copa Sérgio de Castro. Interessante que alguns estão constatando que o Américas e Caribe do Brasil sairá tão ou mais caro do que os que são realizados fora do país.

Eu não conseguirei bancar esse calendário maluco. Passou da hora do Brasileiro ser Brasileiro mesmo. Não pelo dinheiro, porque pra estar em todas de janeiro até maio gastaria a mesma coisa que se fossem separados de dois em dois meses. E sim pelo dinheiro que deixarei de ganhar sem trabalhar. Aqui em casa são quatro dias fora e dois dias sem trabalho. Então precisamos contabilizar o valor da viagem mais os dias sem ganhar.

Sei de todo o empenho das pessoas que estão lá trabalhando para manter o Agility, acabamos de ver uma mudança grande no comando, mudanças na secretaria, é o início de um trabalho. O que coloco aqui é que dessa forma não é justo. Todos os que precisam viajar pra competir, tendo ou não estadual, já sairão 2015 com uma desvantagem em relação aos que são de São Paulo.

Fecho este post com uma desmotivação gigante. Mais uma vez. Espero ter sido mais light na minha reclamação. Espero que os amigos entendam e saibam que eu também quero o melhor para o esporte.



Tags:

Agility | Lamentável

Compara!!! - Bola, Guapo, Buddy e Glee

escrito por Administrator nesta data  17. novembro 2014 17:02

Um comparativo quadruplo hoje. Quatro cães com quatro condutores. Embora a condução tenha sido praticamente a mesma temos diferenças grandes em termos de tempo, principalmente em relação a trajetória do cão. O que decide o comparativo, ao favor de Guapo, é o salto que está depois do primeiro túnel. Até ali estava tudo muito parecido. O vídeo não tranca, apenas coloquei algumas pausas para comparação.

Guapo é o melhor dos quatro hoje, Bola com a Vìvian foi uma surpresa, acompanhando bem Aurélio e seu cachorro. Na continuação do vídeo, que não está ai porque depois desse ponto as diferenças aumentam mais e fica sem graça, o gás dela acabou e Bola passou a acompanhar sua condutora. Eu fui desclassificado com a Glee no out.

Com um pouco de atenção e mais bagagem de pistas Anderson e Buddy podem ser uma ótima dupla. Faltando um EZ pro grau 2 basta que ele se acalme. Gostei da Glee, no início nos outs ela foi pau a pau com todos. Ela odeia fazer esses outs. Preciso urgentemente confiar mais nela.

Assita, compare e deixa sua opinião!



Tags:

Agility | Treinamento

Vívian e Elvis o documentário - ELVISFORELVIS

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. novembro 2014 21:33

Sim, fui pretencioso nesse título.

Elvis não é nem de perto um dog com resultados fantásticos, nem excelente ou muito bom. Como dupla na tabela de resultados foram, digamos, esforçados. No entanto é hoje o cão mais velho em atividade e com a carteira de trabalho mais antiga. Nesse sistema novo de contagem que começou em 2004 (creio) são a número quarenta.

Ou seja, mais de 1500 duplas foram criadas e Elvis conduzido por Vívian continua na ativa. Cerca de 900 começaram e pararam de competir e ele continuou. Agora muito perto de sua aposentadoria lançamos o Elvisforever ou ElvisforElvis. Vamos ver ainda.

Todos os cães merecem uma  história bem contada, talvez seja pouco relevante para muitos saber o que e como tudo aconteceu, porém pra mim é importante por diversos motivos, principalmente porque é agility. O trailer segue abaixo:



Tags: ,

Agility

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"