SRD (Cookie) é Campeão raro do G2

escrito por Fabi Estiga nesta data  31. março 2015 21:08

O ranking do grau 2 standard é dos mais disputados do agility, em número de cães marcando pontos tem normalmente o dobro do grau 3. O nível técnico é diferente, claro, mas não tão diferente assim. Muitas duplas promissoras competem, então vencer o G2STD, é mais difícil.

Vocês sabem quantas vezes um não Border foi Campeão do Standard G2 nos últimos 10 anos? Apenas duas vezes. Contando 10 edições dos estaduais de SP e dos nacionais. Existe uma diferença absurda, abissal, entre Borders e outras raças no Standard. Cerca de 60% dos cães inscritos em provas são BCs. Outros 25% são Shetlands. Resta 15% para dividir entre TODAS as outras raças e também com os sem raça.

Antes de Cookie, lá em 2008, Aloha foi campeã desse grau conduzida por Chu, desbancando os Borders, que venceram 18 títulos nesses anos todos como já mencionei. Aloha, que não está mais entre nós, era da raça Labrador. Cookie, campeão com Daniel Nakamura na condução é um SRD.

Bati nessa tecla dias atrás, falando sobre rankings que dão atenção em pontos apenas para os rápidos e muito rápidos. E é para esse lado, para o lado dos não Borders e Shetlands, que o agility precisa crescer. Mostrando que existe competitividade fora disso. Os SRDs, tão diversificados, pode ser ótimos cães de agility, e em todas as categorias, não apenas no Standard. Basta dar uma atenção maior para eles.

Uma pequena mudança de mentalidade já ajudará muito.



Tags: , ,

Agility

Campeões da VII Copa Paulista

escrito por Fabi Estiga nesta data  31. março 2015 19:58

Foram sete etapas disputadas entre 2014 e 2015, a maioria delas (seis) em 2014 e no final de semana que passou a última em Itu, mesma cidade onde está sendo organizado o Américas e Caribe 2015.

Assim como no Brasileiro e na Copa CBA não foram realizados rankings do grau 1 e iniciantes. Então só temos campeões grau 2, 3 e veteranos.

São 9 Campeões e vamos falar deles:

Veteranos: Adriana/Fox (Pastor de Shetland) venceu no Midi enquanto que no Standard Isabelle com Ludy (Border Collie) levou a melhor, foi a única a marcar pontos na categoria. A categoria definhou um pouco nessa temporada;

Grau 2: Claudio com Ciska (Jack Russel) venceu no Mini, título conquistado na reta final, nas últimas duas provas. No Midi Miguel/Skol (Pastor de Shetland) voltou a vencer onde todas as duplas foram meio inconstantes. Título duplo no Standard. Daniel/Cookie (SRD) venceu não apenas o Qualquer Raça Menos Border Collie. Venceu o Standard também. Normalmente seria um Border;

Grau 3: Samir/Lali (Parson Russel Terrier) levou na reta final entre os Minis, Katia e Carol (Pastor de Shetland) conquistou o último título de uma bela carreira. Carol se aposentou. E no Standard José Luiz com Bona levaram mais uma taça.



Tags:

Agility

Audaciosamente indo atrás de novos desafios

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. março 2015 10:10

E vamos falar do Nimoy. Alguns sabem e outros nem imaginam, mas eu sempre quis ter um Shetland. Então ter um desses hoje é apenas a realização de um sonho antigo que não pode ser realizado em preto e branco. Mas esses são bem complicados de achar, os biblack.

Meu convívio se resume aos Shetlands do Aurélio. Cacau, Jimmy e Dylan. Com a primeira cheguei a competir, passando inclusive pro Grau 2, algo que também não é novidade. Queria mesmo era um filhote da Cacau, algo que nunca chegou a acontecer. Uma pena. Cacau é um cachorro de ótimo temperamento.

Se Nimoy está aqui hoje isso se deve muito porque acompanhei toda a trajetória de dupla Aurelio/Cacau que sempre seguiu paralela com a minha e meus cães.

Nimoy

É difícil falar Nimoy. Sim é. E por que esse nome? Vamos lá: primeiro que sempre quis ter um, porém não esperava que esse fosse ser meu. Muito querida e pouco programada. Numa tarde torrei a paciência do Dan com uns 50 emails até que ele disse "vou dar o cachorro pro Samy treinar". Respondi pra ele "que Samy? Esse bicho é meu!" e assim passei a ter um Shetland.

O nome de registro dele é Spoke. Sim eu sei que Spoke não é Sr. Spock, porém todos falam Spoke como se fosse Spock. Na hora pensei, assim que ele passou a ser da matilha, Nimoy, de Leonard Nimoy, interprete do Vulcano Spock na série Star Trek. E definido o nome já foram embora metade dos problemas.

Estou bem animado. Será um trabalho longo, onde o principal ponto será deixar minha ansiedade de lado e aprender como treinar esse doguinho.



Tags:

Nimoy

Copa Paulista dentro de pista

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. março 2015 09:20

Vamos lá, que o final de semana foi bem corrido e não deu tempo pra fazer muita coisa além de viajar e fazer agility. Sexta-feira na estrada, sábado na prova e domingo na estrada. Chegamos bem foi tudo tranquilo. Zero de problemas com Nimoy, que não passou mal durante a viagem. Depois falo mais dele.

Em pista, dentro, nossos resultados foram bem ruins. Não conseguimos completar uma pista. Vívian entrou três vezes com a Coca, apesar dela conseguir fazer todos os obstáculos com entradas de slalon incríveis e boas zonas, faltou condução. Poderia facilmente ter finalizado todas.

A mesma coisa aconteceu comigo e com a Glee, faltou como faltou no Brasileiro um pouquinho mais de condução, mais atenção, para completar as pistas. A velocidade dela foi muito boa. Alias o pisto da prova era muito bom. Num campo de futebol, um verdadeiro tapete. E o Bola estava mals. Faltando animação. Consegui ficar na maior parte do tempo sempre a frente da Glee. Depois postarei um vídeo com os melhores momentos dela em pista.

De bom as fotos da Juliana e as pistas do Samy que estavam ótimas. Alias, nos últimos tempos entrei em várias e sempre achei divertido conduzir. Fiquei sempre nas zonas apertadas, de mais controle, por deficiências de treinamento, mas em todas tive vontade de continuar, isso achei bom.



Tags:

Agility

#ontheroad - granturisticas - FeFe

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. março 2015 20:48

Entramos na FreeWay exatamente as 20:30 de quinta-feira, dia 27 de março de 2015. Com várias paradas programadas. Uma delas em Curitiba e a outra em Cotia. Ambas para pegar cães. Na primeira, não bem em Curitiba, ali pelas bandas de, encontramos com a Fernanda e o Felipe, pra fazer o transporte da Laka para Sampa.

Depois de um bate papo rápido sobre... agility é óbvio, continuamos a viagem, final de uma jornada que mostrou-se molhada desde nossa saída até os metros finais do estado do Paraná. Dali pra frente predominou o Sol.

Antes de Registro fomos avisados pelo motora de um caminhão que nosso pneu traseiro esquerdo estava furado. Ainda bem que bem perto de um posto de gasolina, casualmente o que iríamos parar.

Chegamos em Cotia por volta das 12:30 para pegar o novo membrinho da família. Dan estava lá para entregar esse adorável doguinho que chamaremos de Nimoy. Longa história que contarei em outro post. Agora, depois de tantas coisas pra fazer aqui em Sampa, chegou a hora de dormir para, amanhã, competir.

Na foto ao lado, o Shetland Nimoy, no colo da Vìvian tirando uma soneca.



Tags:

Nimoy | On the Road

Fixe Coordenadas

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. março 2015 09:44

"Ponte para Captião!"

Como seria bom um teletransporte, já pensaram? Agora estou aqui e num fade in e fade out estaria em Sampa para competir. Ainda que teóricamente possível, até o momento não temos como fazer isso. E eu não entendo nem como o Wireless funciona, nem vou entrar nas fórmulas do Einstein.

O fato é que logo mais, a noite, estaremos saindo rumo a Sampa para fazer o translado de um dog, pegar um cachorro, ver a família, disputar a final da Copa Paulista... muita coisa. Semanas cheias. Uma viagem a mais ou a menos não faz muita diferença.

De uma coisa eu tenho certeza, estou tentando o meu melhor.



Tags:

Agility

67 de média

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. março 2015 01:00

Bem perto da média em km/h que fiz nos pouco mais de 1000km que rodei pelo estado nos últimos três dias. Entre o anda e para das cidades e as semifluídas estradas deu 64km/h. Número próximo da média de inscritos da Cop Paulista, que chega aos 67 nas sete etapas, contando a prova do próximo sábado.

Estaremos lá, como estrangeiros, totalmente desprogramados. Será um bate e volta largo, chegando sexta e saindo domingo para voltar em 10 dias para o A&C2015.

Não será a primeira etapa dessa Copa Paulista que estaremos presentes. Fomos em Itu, na prova que também teve 67 inscritos, no condomínio fechado. Cada um cada um, cada lugar um lugar. Inscritos a cada etapa: 65/65/75/60/59/81/67.



Tags:

Agility

audaciosamente indo, onde nenhum homem jamais esteve

escrito por Fabi Estiga nesta data  25. março 2015 07:18

É um novo começo ou fim de um ciclo? As duas coisas. 2003, 2005 e 2007 são os anos dos meus primeiros três borders no agility. É uma escadinha de cães, Schummy, Guíça e Bola. No meio, entre Guíça e Bola apareceu a Sandy, já adulta para treinar mais um pouco.

De 2009 para frente voltei a ter esse trio e parei de pensar em novos cães porque todos tinham grandes carreiras pela frente, e o tempo passou.

Estou indo agora, não para onde nenhum homem esteve, na real eu jamais estive lá. Mas não estou com muito medo. kkk. Só um pouco. Porém o desafio é o que move as pessoas, principalmente no esporte.

Com a Glee comecei uma nova fase, não Border, ou meio Border Collie. Apesar de chamar de Heeler Collie, para fins de registro, ela é um SRD. Não tem raça. 2012, 2015 e 2018. Talvez sejam os anos apara a turma da segunda década dos anos 2000.



Tags:

Agility

100% DEFINIDO

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. março 2015 21:13

Parece que estou sempre comendo, mas foi enquanto esperava a janta no restaurante do hotel, que recebi a mensagem da Camila Alves me convidando pra tapar um buraco em uma equipe totalmente SRD para o Open do Américas e Caribe. Muito feliz, aceitei, é óbvio!!! Como dizer não? Brigado pelo convite Camila!

Aparentemente eu não sou o mais requisitado para compor times no Américas e Caribe. Em 2009 o meu time foi formado de última hora. Agora em 2015, o Bola ainda não tem time, só notei isso agora. Muita coisa pra fazer. Nem vou procurar, não vou sair me oferecendo, vai que alguém aceita sem realmente querer?

Agora, esse time SRD vai ser muito massa. Bartho, Cacau, Glee e Romeu. 100% definido que é sem raça definida.



Tags: ,

Agility

Os sinais estão no ar

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. março 2015 18:45

Eu estava em Carazinho hoje, na hora do almoço, quando liguei o celular para responder as mensagens e emails, liberar umas carteiras de trabalho e fazer umas alterações. Para o Agility eu ainda sou profissional, ainda trabalho para a CBA, e em dia final de inscrições para a Copa Paulista tenho várias obrigações urgentes, sempre.

E depois de me alimentar, li esse texto do Miguel.

Um ótimo retrato do que venho sentindo nos últimos tempos, mas sem jamais baixar a cabeça para os problemas. Bem pelo contrário, sem negar nada tentamos e vamos, bola pra frente. Porém é inegável, não adianta tampar o sol com a peneira, os sinais estão no ar. Nas esquinas das provas, nas lanchonetes onde condutores acabam discutindo os rumos do esporte enquanto bebem um refri, entre uma e outra mordida no cachorro quente.

Dia desses falei um pouco sobre isso e disse, "vamos conversar melhor depois do Américas e Caribe", porque até lá precisamos realmente pensar nessa grande festa, mas sem esquecer que algo precisa ser alterado, com urgência. E como bem falou o Miguel, não é o regulamento.



Tags:

Agility

Vida longa e próspera - Vulcanos

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. março 2015 22:43

Louca demais a página que acabei de ler sobre os Vulcanos. Na Wikipedia. Vocês sabem que os Vulcanos foram os primeiros alienígenas com que nós humanos tivemos contato? Isso em 2063, logo depois que o motor de dobra foi inventado.

O primeiro povo não humano, realmente diferente, que conhecemos.

Uma característica dos Vulcanos é a racionalidade e lógica. Eles não demonstram emoções, ainda que valorizem muito a família. Estranho é pouco.



Tags:

Agility

Convocação da Seleção - A&C2015

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. março 2015 22:18

Nos esportes coletivos, em geral, admiradores mais viciados sempre tem na ponta da língua as mudanças nos selecionados oficiais dos seus países. Seleção nenhuma é unanimidade, não esperem então que no Agility elas sejam.

Dizer que tenho a minha escalação para os times no A&C2015 pode parecer que não concordo. O que não é 100% verdade e também não é 100% mentira. O motivo é bem simples, as vagas para os times A (mini/midi/standard) foram definidos pelos rankings do Brasileiro. Nesse caso não tenho como concordar ou discordar.

Aqui estão todos os times.

Estava lá a regra desde o início do Brasileiro, está escrito e é justo. Agora os times B, até pelo número de possibilidades de montagem, esses são uma questão de gosto, No caso quem decide as quatro duplas de cada time, como formações de times de futebol, são os técnicos.

O contraponto interessante é que os times A, que na teoria são os melhores, são obrigatórios. Enquanto que os times B são a tentativa dos técnicos em formar, com os mais fortes, uma opção melhor visando o título.

Num mundo ideal tudo seria parte da escolha técnica e não por ranking e os técnicos pagariam pelos erros e acertos dos seus "comandados". Mas o agility é um esporte pequeno no Brasil, e até no mundo. Assim da mesma forma que não dá pra escalar times por gosto, não dá pra expor o meu.



Tags: ,

Agility

Treino na Amigo Cão - 22 de março de 2015

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. março 2015 20:58

A questão é sempre a seguinte: "onde estamos em relação aos treinos". E digo, apesar de alguns atrasos, estamos bem. O que acontece é que agora temos muito pouco tempo para treinar, o A&C está bem perto, pouco menos de 25 dias.

Abaixo um vídeo da Vìvian com a Coca, na parte da pista que era bem grau 1, tirando a saída da casa, que era um quase out. Ali era um problema. Acho que está muito bom, mesmo com a barra derrubada, tá bem com cara de dupla.

A Glee estava bem legal hoje, Bola é que não estava muito nas pilhas. Ai chegou em casa e queria treinar. Fui lá e ele foi bem rápido, vai entender. Aurélio e Arthur também treinaram, com Guapo, Buddy, Totó e Tequila. Arthur está muito bem, apesar da pouca quantidade de provas que ele tem.

Aurélio, escalado para o time B do Brasil no Open também está ótimo com Guapitcho.

 



Tags:

Agility | Treinamento

#ontheroad - sem tempo para casa

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. março 2015 15:09

Cheguei quinta-feira nove horas da noite em casa, fui dormir depois da meia noite para as cinco da manhã estar novamente na estrada. Foram cinco dias trabalhando muito, mas extremamente representativos para meus novos oficios. Ruim porque não vou ter tempo nas próximas semanas para afinar condução dos dogs.

Dois dias em casa, sábado e domingo, fomos treinar lá na Amigo Cão. A galera que está na pegada do Américas e Caribe. Depois conto mais em outro post.

Amanhã, vou novamente para a estrada, rumo ao norte do Rio Grande do Sul e volto no final da semana, para outros planos, novos horizontes, "se não for isso, o que será?". Muita correria e assim é que é bom. Dizem que quando você para é que fica cansado.

Negócio então é não parar.



Tags:

On the Road

Cokes an jokes - prefiro o Celso

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. março 2015 06:35

O problema das latinhas de Coca agora é encontrar aquela que será uma boa companhia.



Tags:

Cokes and Jokes

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"