Qual a probabilidade?

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. junho 2016 23:46

Ai você cria uma conta do Instagram para a escola que você compete (@amigocaoagility). Cria pelo telefone. Ao chegar em casa vê um email na caixa de entrada pedindo para verificar a conta. Dar aquele ok. Ao ver a foto que ilustra a mensagem topa com isso, que está logo abaixo:



Tags:

Agility | Ah meu Fusca

A foto oficial

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. junho 2016 15:12

E depois do retrato ele disse "me passa a foto ai". Eu fiquei olhando uns três segundos. incrédulo. "e perguntei como?". Retrato a gente não tira com celular, é com máquina de retrato mesmo! Não sei se ele falou sério ou se era brincadeira. kkk.



Tags: , ,

Agility

Ah meu Fusca - lobo

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. junho 2016 01:01

Dia desses eu topei com a história do símbolo da Volkswagem, o brasão na verdade, que é o mesmo da cidade de Wolfsburg, onde está localizada a primeira fabriga da Volks. A história do Fusca está diretamente ligada a reconstrução da Alemanha pós guerra, foi esse carrinho que iniciou tudo, porque a fabrica da cidade foi uma das poucas que não foram totalmente destruídas.

E os primeiros Fuscas saiam com essa logo, com o brasão da cidade, apelidado aqui como "ô da raposinha". Achei interessante porque tudo que fala em raposa imediatamente me remete ao Nimoy, meu Shetland. Ele parece uma raposa. No entanto o animal retratado é um lobo. Ok, Shetlands também parecem lobinhos, mas estão mais para raposinhas.

Curiosidades a parte, a tradução de Wolfsburg é prisão dos lobos. Triste? Não sei. O meu não tem raposa, nem lobo. Ele é dos mais novos, mas ainda tem o DNA Porsche, de Wolfsburg.



Tags:

Ah meu Fusca

GSG9 - vídeo

escrito por Fabi Estiga nesta data  30. junho 2016 00:57

Agora fiquei mais curioso pra saber como vai ser essa coisa em pista. De qualquer forma vou continuar usando o AX2. Quando receber o meu faço um review.



Tags: ,

Agility

opinar não é ser do contra

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. junho 2016 23:41

Nem todo ponto de vista é contrário. O ponto de vista é uma forma diferente de ver algo. Muitas vezes uma opinião é um caminho paralelo, não é ON ou OFF. Por vezes é pista da direita e pista da esquerda. Ambas levam ao mesmo lugar. Embora opiniões algumas vezes sejam contrárias.

Pode parecer, por exemplo, que falando bem da Adidas e citando inclusive que eles são mais acessíveis que os Salomon, esteja contra os Franceses. Ou você usa Adidas ou não serve. Não é por esses lados, como dizem aqui no RS.

Reli tudo que escrevi este mês, desde as etapas de Atibaia da Copa CBA. Nunca fiz isso. Normalmente, quando volto ao passado, leio uma ou duas postagens de um ano, lá longe. Fiz isso porque pensei que seria uma boa autocrítica. Não me arrependi de nada que escrevi.

O blog, de alguma forma, é o reflexo do que são meus pensamentos, misturados com tudo que acaba chegando até mim. Muitas vezes faço paralelos, de outros esportes com o Agility, em outras um toque de alguém acaba iniciando o tom de um post. Nunca tive medo de escrever nada, sempre fui meu maior crítico, porém mudei um pouco este ano.

Sempre recebo críticas, procuro primeiro entender o ponto de vista de quem a fez. E sempre espero o mesmo tratamento quando a crítica partir deste blog. É claro que fico P da vida quando penso ser injusta e o mesmo deve acontecer com quem eu critico. Sempre estou aberto ao debate, apenas não discuto: política, religão e futebol.

Passei quase um ano sem competir. Sinceramente estava muito desmotivado com tudo que acontecia. E quando fui ao Paraná, depois de ficar seis meses sem treinar, apostei na minha volta as pistas para uma temporada que talvez fosse a derradeira. E também achei que era hora de me posicionar efetivamente por um Agility melhor. Não pra gerar mais visitação, apenas para deixar realmente fazer com que todos fossem mais participativos.

Por isso sempre que de alguma forma pareceu que eu criticava algo, também sempre coloquei uma sugestão. Não foi com a intenção de banalizar um fato para obter audiência.

Enfim, qualquer sugestão você pode enviar via uma das redes sociais ou ainda pelo velho e bom email. Tem um link de contato em algum lugar, procure!



Tags:

Agility

Adidas a vista ou em 10 vezes

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. junho 2016 16:48

Eu sou um grande fã da Adidas, já comentei isso aqui, não? Desde pequeno que uso. Para o Agility temos pelo menos três modelos da marca, bem legais, para a pratica do esporte bretão. Alternativas aos cada vez mais proibitivos Salomon. Abaixo, se clicar na foto amplia. Kanadia7, GSG9 e AX2.

O Lucas Castro, há uns tempos atrás, mandou uma mensagem dizendo "70 % dos alunos da minha escola de agility agora usam o ax2 ou o kanadia" culpa do Café com Agility. Quedelhe meu patrocínio Dona Adidas? Tenho ambos, apenas o Kanadia é uma versão anterior ao da foto.

Esse da foto acima (Kanadia), é muito legal porque tem tamanhos para crianças também. O meu considerava um ótimo tênis, mas o solado era duro e o grip se perdeu no ano que usei. O AX2 que usei até a prova do Paulista é melhor. Muito mais confortável, algo que compartilhei com o brother Miguel Ferigatto, que tem ambos os tênis também.

O dele, Kanadia, ainda ficou apertado. O meu também era no início, comprei o meu número, um maior ficaria muito solto. É uma característica do tênis. E ele tem que grudar no pé mesmo.

Creio, que minha queda na sexta-feira, enquanto treinava no Clube de Cãompo, se deve em parte ao já gasto solado do AX2. Mas agora que ele está bom, bem macio. Problema é que pra deixar ele nessa condição tive que usar para treinar meu funcional, trabalhar e óbvio treinar agility. Se fosse usar só na grama natural duraria mais. Concreto come o tênis. E onde faço meus funcionais é concreto.

Em termos de solado o GSG é mais agressivo. Tem umas garras triangulares que provavelmente dão mais grip lateral para paradas, tipo as que são necessárias quando aparece um "OUT" em pista, onde eu me "contusionei". O AX2 tem uma traseira muito boa, é praticamente um salto, enquanto que o Kanadia tem um solado parecido com o GSG.

A diferença é que o Kanadia é como o Salomon, para trilha e o GSG foi desenvolvido para escalar paredes!!! hahaha. Segundo a própria Adidas. 

Preços

Em lojas virtuais os valores normais variam de R$200,00 a R$350,00. Porém é possível encontrar, como eu, um GSG9 por 169 reais. Um ótimo preço. Bem como procurando com carinho e despretensiosamente em lojas físicas você também pode trombar com um modelo desses esquecido, todavia com grade de números toda falhada. Com sorte encontra um "chinelo velho pra um pé cansado".

Meu Kanadia comprei em uma loja física, um achado, por 149 reais! Custava 250 no virtual. Muito chamativo, azul escurão (quase preto) e vermelho cheguei, deve ter empacado. Por isso a promoção. Paguei 151 reais pelo Ax2. Também com cores "I'm here Bro!!!" pela internet.



Tags: , , , ,

Agility | Virado em perna

Burning the Movie - bocaberta

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. junho 2016 11:30

O que deixou Tiago, literalmente, de boca aberta? Comida, Cachorro, Congestão Nasal?



Tags:

Burning the Movie

VIIICPA - 10 - além das tabelas

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. junho 2016 19:41

Quando chegamos no Clube de Cãompo sexta-feira a primeira recordação que tive foi do Américas e Caribe 2015. Depois com o passar do tempo, ficamos praticamente o dia todo lá, outras vieram. Como o segundo lugar no Ranking do G2 com a Guíça, naquela ano do vídeo Accidentally in Love.

O Clube de Cãompo continua sendo um baita lugar pra realizar provas. Porém ao contrário de outros anos, como aquele em que gravei o vídeo já citado, não havia público. Foram muitas provas nessa temporada e o apelo já não existe tão forte.

A grama, comentaram alguns comigo, está melhor do que no A&C2015, mas acredito que ainda ficará melhor no futuro. É uma região de pouca chuva e você nota a diferença entre aquela plantada há mais tempo. No entanto de ruim mesmo só a cor, porque é um tapete.

Plínio aposentou Chucky. E vai ser difícil de esquecer. Porque ele caiu em pista no final da passarela. E ainda foi desclassificado injustamente pelo árbitro, Sr. Samy Wroblewski. Uma vez que o dog saiu para urinar em uma lixeira que se encontrava uns 5 metros distante da pista. Logo não fez xixi na pista. kkk.

Zoeiras de lado outro que aposentou dog nesse final de semana foi o Claudio. Ciska fez seus últimos percursos no sábado.

Notei, acredito que não tenha sido por acaso, que as duplas que estarão no Mundial entravam meio que juntas. Sempre ficava um de fora, mas pelo menos no Midi e Standard foi assim. No Standard quando fiz pista extra a ordem era Aurélio/Guapo, Felipe/Cookie e José Luiz/Bona. A Fernanda é que ficou fora de ordem com Fendi.

Talvez para efeito de comparação e decisão de quem terá as vagas individuais? Seria uma boa oportunidade para unir mais a equipe, no entanto me parece que os condutores não tinham muito essa noção. Apenas o Samir, que gritava lá da barraca para alguns. Uns "corre", "vamos", "isso ai" e uns "boa".

Interessante, notei que na minha primeira desclassificação ouvi um "ahhhh". Depois passei a prestar atenção nas outras duplas e ainda existe esse sentimento de "pena" em nosso agility. De um sentimento coletivo. Achei legal e fiquei com um bom pensamento, ainda temos futuro.



Tags: ,

Agility

Burning the Movie - esmarte esmarte meu, existe alguém mais bonito...

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. junho 2016 12:07

... do que eu com a CAMISA DA AUTLETAS?!?!

Miguel com a nova camisa, alias a primeira, da Autletas Agility Team.



Tags:

Agility | Burning the Movie

Até o próximo domingo - doses generosas...

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. junho 2016 23:57

...de BR101... Nem dá pra dizer que foi um final de semana de agility. Porque foi sexta e sábado. Uma viagem como fazíamos antigamente. Bate e volta. Ficamos na casa do Samir e da Kátia, fiz um churrasco bem meia boca lá. Porque o Aurélio ficou se fazendo. Ele é melhor nisso que eu.

Acima, coleção de cds do casal, Samir e Katia.

Churrasqueira que você não conhece é complicado. Não sei fazer churras de paulista. Não sei. Brigado ao casal pela hospedagem. Parabéns para a casa nova e voltaremos, um dia! Bebemos várias cervejas e as caipirinhas que a Katia fez. Que diz o Samir você vai bebendo e nem percebe que ficou bêbado. kkk.

São três dias de viagem, 72 horas. Desse total quase 30 são dentro do carro, indo ou voltando.

O assunto principal da viagem foi projetar o próximo ano do agility dentro da Amigo Cão. Acho que temos um bom material para colocar em pista. É claro que essa distância toda atrapalha. Nunca teremos força total nos nacionais, no entanto voltamos bem motivados para a temporada 2016/2017.

Dia 1º de julho está ai! Boa semana para todos!



Tags:

Até o próximo domingo

399 pistas

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. junho 2016 16:22

O sábado, final da Copa Paulista me deixou a um percurso de um número redondo de pistas. Porém não completei nenhum dos quatro de sábado.

Samy Wroblewski e José Luiz Filho montaram os percursos, Samy no Grau 3 e José no Grau 2. Apenas o Agility G3 estava meio fora das minhas pretenções. Confiança Zero.

Na sexta-feira quando chegamos ao Clube de Cãompo fomos treinar um pouco, mas logo de cara eu escorreguei e senti meu joelho. Achei que tivesse torcido de leve o joelho, só que depois vi que era um estiramento. O joelho não ficou inchado.

O certo seria nem ter entrado em pista, menos ainda quatro vezes, mas a gente é cabeça dura. Viajar tanto pra nem tentar? Não é bem a minha cara.

Na primeira pista, agility G2 estava indo bem, zerado até a desclassificação faltando três obstáculos. Esquentei bem a perna e na hora da pista a adrenalina te deixa tão focado que nem lembrei, corri normal. No Agility 3 depois de desclassificado eu resolvi sair pra não zoar mais e esperar pelos Jumpings.

As desclassificações não tem muito da minha perna. É óbvio que fez falta na hora de correr, já que ela na teoria é a mais forte, porém vi que era um pouco de falta de foco também.

A última pista, o Jumping 3 foi a melhor de todas. Fui desclassificado no slalon. Glee entrou muito rápido fez a primeira, mas matou a terceira. Ai na hora de começar novamente ela fez três barras voltando. Depois continuamos a pista e foi zerada, com boas partes.

Brigado pelo vídeo Schub! Agility G2



Tags: ,

Agility

Uma bela homenagem - num Ranking nacional de verdade

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. junho 2016 12:00

O Ranking Geral Dr. Eduardo Falcone é com certeza uma das melhores notícias que tivemos nos últimos anos em nosso agility. Porque ele fará com que todas as provas sejam importantes a partir de agora. Além é claro de levar o nome de uma dos caras mais fanáticos pelo Agility que conheci. Um verdadeiro torcedor.

Parecido com o ranking do tênis, onde você tem que ser melhor a cada ano e fazer a manutenção dos teus pontos, ele também nos traz um pouco dos rankings de exposições, fazendo com que todas as provas sejam válidas para o acúmulo de tentos.

As provas nacionais valem mais que as provas regionais por uma questão óbvia, elas tem um nível maior. Além disso é um diferencial. Certames com menos duplas pagarão mais pontos para algumas duplas com menos concorrentes. Ai as provas nacionais serão importantes.

Exemplo Estadual
BestLap no Agility EZ - 30pts | BestLap no Jumping EZ - 30pts
1º lugar no combinado - 10pts
Total - 70 pontos

Exemplo Nacional
BestLap no Agility EZ - 45pts | BestLap no Jumping EZ - 45pts
1º lugar no combinado - 15pts
Total - 105 pontos

O que precisa ser entendido que esse é um ranking permanente e não substitui nenhum ranking de nenhuma competição que venha a ser feita. A prova do Carioca terá o mesmo peso da prova da Copa Paulista, que valerá o mesmo que uma do Paranaense, que pagará em pontos o mesmo que o Pernambucano ou provas na Paraíba.

Muito justo.

Regulamento no link abaixo:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=2340



Tags: , ,

Ranking 12 do Carioca Finalizado

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. junho 2016 18:38

Pois bem, o décimo segundo Carioca de Agility está finalizado, sete etapas depois de começar lá no meio de 2015. Foi uma temporada longa. Mas proveitosa. Que seja o início de uma longa jornada.

Um dado interessante. A grande participação de duplas de fora do estado. Isso significa que o Campeonato é atrativo. Sempre foi, alias. Minha impressão é que os Cariocas recebem muito bem todos e sempre queremos voltar. Isso é bom.

Mas essa grande participação ajuda nas provas, tornando-as mais cheias, porém trás um contraponto. Dos 10 rankings com cães pontuando, seis tiveram vencedores não Cariocas. Isso é ruim? Não chega a ser.

Um deles foi a Glee que venceu. Qualquer Raça Menos Border Collie G2!

Explicação

Essa participação eleva o nível da competição e fará com que o nível das duplas do Rio também se eleve. Pode demorar, pode ser rápido, isso só o tempo dirá e depende do empenho dos condutores. No entanto me parece que as ações realizadas nos últimos tempos, como levar árbitros de fora, Samy e Aurélio (por exemplo), já estão sendo feitas.

Não que eu ache que apenas Cariocas devem vencer os rankings, acho que deve vencer o melhor.

Ranking Finalizado, no link abaixo:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=2341



Tags: ,

Agility

Final do Paulista 74, estarei lá

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. junho 2016 11:24

Minha temporada já estava encerrada, a verdade, mas sempre tem aquela vontade de ir em todas as provas. Queria ter estado na final do Rio de Janeiro. Competi na abertura e estar nas finais seria ótimo, porém o Rio é lindo e longe.

A oportunidade surgiu depois de uma rápida conversa com o Schub (Aurélio). Ir apenas com um cachorro pra SP é algo que não faço desde 2009, mas essa viagem não deu pra fazer com a equipe de casa completa.

Nem me lembro a última vez que fui com o Aurélio pra SP também. Vamos fazer um "remember the time", espero que a gente não brigue muito. hahaha. Até porque teremos que nos aguentar até São Paulo. Sempre tinha alguém pra apartar os chiliques, birras e acessos de raiva!

Copa Paulista

A lista de inscritos é boa, mas com 15 duos estrangeiros. O que significa dizer que SP colocará 59 em pista. Dentro da média, não chega a ser uma baixa.

Esse número, total, distribuído por 15 escolas, contando os individuais como sendo uma escola. Como já falei, tudo dentro da normalidade, essa que temos visto nas últimas três temporadas.



Tags:

Agility

Regulagem 2016/2017 - Iniciantes (Buemba!!!!)

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. junho 2016 20:43

Achei que tudo estava acabado, mas tem uma pegadinha no regulamento, coisa de árbitro. E alertado pelo Artur Pires fui ler melhor e achei algo, alias não achei, e fiquei chocado.

Nem é tão bombástico assim, mas os iniciantes agora não tem mais o prazo de um ano para sair da categoria. Agora eles poderão continuar competindo até achar que é o momento certo para subir ao grau 1.

Outro ponto que não faz mais parte do regulamento, Artigo 11, diz respeito aos cães e condutores graduados que não poderiam competir no iniciantes. Agora nada mais impede.

Ponto de Vista

É sempre mais possiblidade para que novas duplas comecem a competir, embora condutores novos (mesmo quase que totalmente sem experiência) podem fazer um "estrago" bem grande com cães graduados. Mas cabe o bom senso nessa história.

Não vejo necessidade em colocar um cachorro grau 2 ou 3, com um adulto, grau 1 ainda vai porque são cães que tem menos tempo de agility.

Já fui bem mais cheio de dedos com o iniciantes, acho que precisamos mesmo é ter muito mais gente em pista, quanto mais duplas, mais condutores, maiores são as possibilidades de achar aquela agulha no palheiro.



Tags:

Agility

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"