Entradas em pista Oficiais por temporada

escrito por Fabi Estiga nesta data  12. agosto 2014 23:53

Como todos devem saber eu conto pista por pista, por cães, temporada e por competição. A somo de tudo desde abril de 2006 é 326 pistas com seis cães. Quem mais entrou, Schummy, tem 35% ou mais de 100. Bola contabiliza 25% e Glee apenas 2,45%, mesmo número que Cacau. Sim a Shetland do Aurélio. Entrei em pista com ela oito vezes e passamos pro G2.

Os números de duas temporadas são modestos demais. Em ambas as oportunidades tivemos problemas com o calendário. Muitas datas não fecharam e as que fecharam foram alteradas, fora os contratempos. Abaixo, Eu com a Sandy, na abertura da III Copa CBA em Itú. Foto da Ana Ambrozini

2005/2006 - 05 - Schummy/Cacau
2006/2007 - 69 - Schummy/Cacau/Sandy/Guíça
2007/2008 - 36 - Schummy/Sandy
2008/2009 - 72 - Schummy/Guíça/Sandy
2009/2010 - 38 - Guíça/Bola/Schummy
2010/2011 - 50 - Guíça/Bola
2011/2012 - 06 - Bola/Guíça
2012/2013 - 06 - Bola/Schummy
2013/2014 - 44 - Bola/Glee/Schummy

Sábado começo a colocar mais números nas tabelas.



Tags:

Agility

Dois é bom, três é demais

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. abril 2014 01:00

(4984) Lembram desse post sobre as fotos gêmeas da Helô e da Ju Sales em Campinas? Pois então, é difícil numa prova de agility dois retratistas tirarem a mesma foto, no mesmo momento. E três? Quase impossível. No entanto em 2008, Fernanda Lesnau, Marcela Checchia e Daniel Neves quase chegaram nesse resultado tirando uma foto do Schummy. Vejam abaixo que o Dani, lá do Rio, tirou uma fração de segundo antes das meninas. A foto delas está igual. Lá em Vinhedo.



Tags: ,

Fotos

35 e 96

escrito por Fabi Estiga nesta data  10. janeiro 2009 01:10


Hoje dei uma viajada nos posts antigos aqui do Blog, rapidamente (dei um rewind e revi tudo em fast forward), só por ver mesmo sem motivos e acabei nas contagens regrassivas para o início do 10º Brasileirão e para o Américas e Caribe. Em relação a competição que começa em fevereiro, será de "médio prazo", como foi a III Copa CBA, 10 etapas, cinco finais de semana e é isso. Nesse caso será que teremos um novo Campeão ou teremos um Bi? Já no Américas e Caribe uma dupla pode conquistar um tri-campeonato inédito.

Dan e Dina venceram as últimas duas edições e apesar de termos outro Bi-Campeão (Brasileiro) do Américas e Caribe esse não compete mais. Isso no Standard categoria em que o Brasil sempre foi superior. No Mini e no Midi não. Em 2001, 2002, 2006, 2007 e 2008 tivemos Standards Campeões. Billy 1 os dois primeiros anos, Bira em 2006 e Dina nos últimos dois anos.

Será que os estrangeiros vão dar mais trabalho esse ano? Em 2008 não deram, tanto que das 12 colocações nos pódios 10 foram de duplas brazucas. Não estou contando vantagem apenas curioso pra saber se as duplas Sul Americanas evoluiram. Daqui a 96 dias começaremos a saber e em 35 dias teremos a primeira etapa do 10º Brasileiro que pode definir um novo Campeão, o quarto em 10 edições, ou um Bi. Alguém aposta?

Na foto que infelizmente não poderei creditar, mas tirei do www.portaldoborder.com.br,  Bira Campeão Standard do A&C da Colômbia.



Tags: , ,

Seleção Gaúcha?

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. dezembro 2008 16:02

Falando ainda em Américas e Caribe, quem sabe não tenhamos um Time Gaúcho Standard no Open. Standards não faltarão, só eu tenho três possíveis candidatos. Poderia fazer um time eu, eu e eu, seria interessante morrer em pista, kkk.

Sério agora, estamos tratando de elaborar um cronograma de treinamentos e é possível mesmo que tenhamos três condutores e três cães competindo por uma possível Seleção Gaúcha de Agility. Tantos projetos, tantos sonhos... difícil tem sido colocar em pratica tantas teorias. Enquanto isso leiam a reportagem do Renan sobre as últimas duas etapas da III Copa CBA.

http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=929



Tags: ,

Destaque da III Copa CBA

escrito por Fabi Estiga nesta data  18. dezembro 2008 23:26


Muitas duplas podem ser destacadas nessa terceira CBACUP. Panda BI-Campeão, o domínio dele e do Dino (com seus condutores) até as provas de Vinhedo, o farto número de inscritos até que a SPCUP teve início (em Itú primeira etapa tivemos 150 duplas inscritas), a briga equilibradíssima dos Midis, Otávio e Evita que apesar da irregular campanha entraram no Top 10 com direito a primeira vitória no grau 3, ótima campanha se conseguir ser um pouco mais regular vai dar muito trabalho, mas acho que o principal foi a presença feminina nesse Grau 3 e quem mais brilhou nessa edição foi a Luciana Spinelli e seus dois cães Enzo e Ricco.

No Top 20 (20 melhores duplas do grau 3) temos 15 condutores, quatro mulheres (Marcela, Katia, Luciana e Marta) que são responsáveis por cinco cães (33,33333%). Todas elas estão de parabéns, levando para a pista uma condução muito parecida, igual, a de qualquer um do sexo oposto, todavia são elas mulheres, colírios. Pelo AMOR DE DEUS, Zé, Paulo, Haroldo e ????, não me levem a mal. Mas porque a Luciana?

Eu digo!

Marcela já vem mostrando um desempenho invejável há mais tempo que todas as outras. Ganhou o troféu Fidel, ganhou prova do Brasileiro, foi pro Mundial esse ano e ficou em 9º lugar, feito que deve ser comemorado visto que a melhor colocação individual em um combinado é um 8º lugar, melhor colocação de uma mulher brasileira em mundiais - embora dividir um esporte misto em homens e mulheres seja esquisito, acho válido - dois mundiais, conduz o Magic que parece um cachorro fácil, mas que talvez não seja tão fácil assim não, as aparências enganam.

A Katia é campeã Mundial, logo na primeira vez que foi e só isso já bastaria pra não precisar falar mais nada. Tantos foram os condutores que foram diversas vezes, alguns até com seis ou sete mundiais nas costas como competidores e nunca venceram em pista. Independente disso, no Brasileiro passado ficou com a 9ª colocação no Unificado. Primeiro lugar no paulista 2006/2007, terceiro lugar no paulista da temporada passada com a Blanka. Se fosse escrever no final do Brasileiro essa coluna um dos destaques seria com certeza a Katia.

A Marta foi a primeira condutora que me chamou a atenção. No alto dos seus 15 anos (em 2006 quando comecei a competir), quando vi ela pela primeira vez conduzindo o tal do Billy Jr. que é a continuação da Martinha em pista, entrosamento como dos dois é algo difícil. Existe uma diferença entre bem treinado e entrosado. Dois Mundiais 2006 e 2008. Campeã do paulista 2006/2007, 5º lugar no Campeonato 2007/2008, já venceu Unificado Grau 3. No Braisileiro 2007/2008 quarto lugar no Grau 3 Unificado. Não preciso dizer mais nada também. Sou fá dela de carteirinha.

Chegamos assim na Luciana que não tem os títulos de nenhuma das três citadas anteriormente, mas que mostrou um crescimento incrível com seus dois cães. Conversando em Vinhedo com o pessoal da Época sobre a Luciana e seus cães o Paulo comentou que o Ricco é um cachorro pro ano que vem ainda. Esse ano terminaram na 17ª colocação. A ansiedade do Ricco deixa as pistas meio nervosas segundo Luciana, mas isso passa ou ela se acostuma. Com ele o certame foi de altos e baixos, mais baixos do que altos, mas em várias oportunidades estiveram muito perto dos líderes e na última etapa fizeram uma Best Lap. Com direito a elogios rasgados do árbitro Artur Pires.

Enzo já é um cachorro mais rodado, no alto dos seus cinco aninhos de vida já é quase um veterano das pistas, mesmo assim é um cachorro complicado de se conduzir. Eu acho fantástico ver cães como o Enzo em pista. A plasticidade da forma como correm os saltos, aquelas viradas de corpo no ar, como um jato. Nem sempre isso resulta em tempo, mas que é bonito ver esses bichos levantando grama é. Uma vez no Dog World II comentei com a Lu que pensei em ter um cachorro chamado Enzo, que é o nome do fundador da Ferrari. Enzo é nome de carro, da marca do cavalinho rampante. Já desisti.

Enzo ficou em 28º, com a Luciana é claro, no BR 2006/2007, na II Copa CBA a 29ª posição se não foi uma melhora também não foi pior, quase a mesma coisa. No Brasileirão 2007/2008 a 22ª colocação foi considerável. Nessa Copa CBA, a terceira edição o desempenho foi muito melhor terminando com a 13ª colocação com direito a dois pódios em Vinhedo e troféu Dana na estante de casa. O Campeonato também foi irregular, só que foi uma irregularidade mais no topo da tabela. Agora vejam só a ordem de classificação, vou citar os condutores: Rodrigo, Zézinho, Paulo, Samy, Bruno, Zézinho, Otávio, Marcela, Katia, Samir, Alex, Tamaio, Luciana, Alex, Aurélio, Samy, Luciana, Felipe, Tamaio e Marta. Esses são os 20 primeiros. Só tem fera e Luciana junto com Zè, Samy e Tamaio colocaram dois cães entre os 20 melhores.

Que continue assim.
Vixe escrevi demais.

Foto do Enzo em Vinhedo, clique da Marcela Checchia.



Tags: , , , , ,

Rankings III Copa CBA atualizados e finalizados

escrito por Fabi Estiga nesta data  18. dezembro 2008 16:37

Fim de jogo, com a publicação dos resultados e do ranking final, agora é pensar no próximo campeonato, que aparentemente deve começar apenas em fevereiro já que janeiro é daqui a 10 dias. Lugar comum é dizer isso, mas como o tempo passa. Em março o Théo faz três anos, o meu, não o do Samuca.

Bom cheguei bem perto de acertar todas oe meus chutes, não eram no entando difíceis, só errei o Mini Grau 2, porque o Spoke foi rebaixado pro grau 2 e no Midi Grau 3 que eu não contava com a presença da Lola, que deveria estar esperando Sheltinhos, mas não estava. Chutei antes inclusive das inscrições, poderia até ter voltado atrás, mas aposta é aposta.

Pra ver os rankings, site da CBA www.agilitybr.com.br.



Tags:

No Comments - é de chorar no cantinho

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. dezembro 2008 22:19


Tags: ,

Fidel o Border Collie Midi

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. dezembro 2008 21:59

Hoje escrevi uma matériazinha pro site da CBA falando sobre os vencedores do Super Combinado, que nunca se repetiram, isso é legal dizer. Apesar da dupla Rodrigo/Panda ter vencido 9 etapas das 22 disputadas só venceram o troféu Cacau. E no final citei que nas últimas etapas da II Copa CBA que Eugenio e Fidel quase venceram o troféu Fidel, teria sido único em seis oportunidades.

Mas o que me chamou a atenção foi a foto que coloquei para ilustrar a matéria. É o Eugenio com o Fidel, lá em Itú. Ele é tão grande que o cachorro parecé Midi. O Eugenio deveria conduzir o Homer, pra ficar equivalente. O prêmio de maior condutor do agility brasileiro deve estar com ele ou com o Giovanni Barsanti (Brigada Veneno - Rio de Janeiro). O de maior Border Collie da história do Agility Brasileiro já é do gaúcho Homer Simpson.

Link para a matéria no AgilityBR:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=923



Tags: ,

Paulo e Blanka venceram combinado de domingo

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. dezembro 2008 14:35

Ao contrário do que foi noticiado aqui no Blog e no site da CBA, erro de comunicação básico, o vencedor do combinado Unificado Grau 3 de domingo não foi o Rodrigo com Panda e sim Paulo/Blanka. Corrigindo os números Rodrigo com Panda segue com as 15 vitórias, nove delas obtidas em Copas CBA´s e agora Paulo e Blanka tem três vitórias em combinados, sendo que essa foi a primeira dentro da Copa CBA e apenas a segunda de um não Standard.

O erro segundo o Artur me explicava ocorreu devido ao fato de que nenhuma dupla alcançou o TSP estipulado pelo árbitro e ainda abaixo do mínimo estipulado pela categoria. Ex: o TSP do Jumping Grau 3 não pode ser inferior a 4,5m/s e como o melhor rodou abaixo disso e é ele quem define o TSP deu erro. Difícil explicar, é tipo uma redundância, O TSP, a melhor passagem foi mais lenta que o mínimo estipulado pelo regulamento.

Peço desculpas pelo erro e parabéns então ao Paulo que é com a Blanka a 5ª dupla que mais venceu Unificados empatados com Samir e Billy Brown.



Tags: , ,

Vitória dupla no sábado

escrito por Fabi Estiga nesta data  15. dezembro 2008 17:57

O Artur acaba de me corrigir via e-mail sobre o resultado de sábado no Unificado Grau 3. O desempate entre Samy/Chester e Otávio/Evita foi feito para decidir quem levaria o troféu de primeiro lugar na categoria Standard e não quem seria o vencedor da etapa, logo na 9ª etapa tivemos dois vencedores e não Samy com Chester em 1º lugar e Otávio com Evita na segunda colocação, ambos venceram e ambos levaram os 40 pontos do combinado pra casa.

Assim tivemos um novo vencedor no combinado Unificado (Otávio/Evita) e a 5ª vitória de Samy e Chester. Logo mais eu volto com mais informações sobre as provas de sábado e de domingo. Legal essa, continua sendo inédito pra mim.



Tags: , ,

Quem não tem Perú vai de Chester

escrito por Fabi Estiga nesta data  14. dezembro 2008 04:19

Pois é, e o Samy venceu o grau 3 ontem, que até agora, depois de nove etapas foi amplamente dominado pelos Standards. Samy tem um bom retrospecto lá no Pet Memorial, superioridade ou casualidade? Não sei, mas já venceu na categoria Standard na 6ª etapa do BR 2007/2008 (Alex e Skipper venceram o Unificado) venceu a 13ª etapa, Unificado, e ficou em segundo na última no memso certame. O Samir venceu duas vezes lá, uma com o Billy Brown, final do BR 2006/2007 e outra com o Dino final do BR2007/2008.

Não sei como foi a prova, mas foi a primeira dupla fora Rodrigo/Panda (cinco vitórias) e Zé/Dino (3 vitórias) a vencer. Essas três duplas juntas tem nada mais nada menos que 27 vitórias em Unificados. Pra não dizerem por ai que não falo de certas duplas Rodrigo e Panda venceram 15, Zé/Dino 7 e Samy/Chester 5. Quem mais se aproxima desses (Samir/Billy Brown) tem três e todas as outras somadas 22. Ou seja desde que o combinado surgiu são os grandes papões.

Quem será que levará o troféu Tyller?

Respostas amanhã.



Tags: , ,

Copa CBA - meus chutes

escrito por Fabi Estiga nesta data  9. dezembro 2008 00:26

As próximas duas etapas da III Copa CBA são as últimas dessa competição alongada em relação as duas versões anteriores, mas que ainda sim tem um formato interessante. Com oito etapas seria ideal, nem tão longa, nem tão curta e sem descartes, minha opinião. Só que depois dessas etapas Copa CBA só lá em julho ou agosto do ano que vem.

Quatro rankings estão definidos já, todos no grau 1. Vivyane e Meg (Poodle) Grau 1 Mini, Meire com Pyatã (Shetland), Meire e Núbia (Pastor Alemão) Grau 1 Standard e QRMBC. Uma outra dupla tem o título na mão e não vai perder. Guilherme e Ozzy (Jack Russel) no iniciante Mini/Midi vai levar o título. Os demais estão totalmente abertos.

Meus chutes:

- Iniciantes Standard - Amadeu e Dick tem a liderança, mas Marco e Flecha estão há 59 pontos da liderança, exatamente o que eles marcaram a mais de pontos nas etapas de Vinhedo. Minha aposta é no Amadeu e Dick.

- Grau 2 Mini - Rocio com Gill (Boston Terrier) tem tudo pra conquistar esse ranking e é minha aposta, ela está na segunda colocação e apenas duas que já estão no grau 3), além dela, marcaram pontos. precisa marcar sete pontos em duas etapas para vencer.

- Grau 2 Midi - vou de Samy com Théo (Shetland) para esse ranking. Katia e Carol (Shetland) tem chances, mas o ranking unificado, que nem sempre é justo com os grau 2, rouba muitos pontos.

- Grau 2 Standard - Zézinho com Neto (Border Collie) leva essa, tem uma diferença grande para o segundo e terceiro colocados.

 -Grau 3 Mini - Paulo e Blanka (Pastor de Shetland) esse á fácil, terceiro colocado no Unificado geral, melhor não standard, melhor shetland tem quase sem pontos de vantagem para o segundo Mini.

- Grai 3 Midi - tá difícil essa disputa, mas Aurélio e Cacau (Shetland) vencem.

- Grau 3 Standard -  ai ai ai... difícil essa porque Rodrigo e Panda (Border Collie) possuem uma confortável vantagem de 31 pontos. Ela é confortável porque existem ainda os descartes. Rodrigo/Panda descarta 17 enquando Zé/Dino 53. Assim a vantagem real de Rodrigo é de 71 pontos. Rodrigo e Panda levam o caneco e a primeira vaga para a seleção 2009.

Domingo saberemos se minhas apostas estavam corretas. Vamos apostar também pessoal pra ver quem acerta mais.



Tags: ,

Os Campeões antecipados

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. novembro 2008 13:47

é quase que uma continuação do que escrevi a pouco no site da CBA, mas vale continuar o raciocínio.

Duas duplas já são campeãs antecipadas de rankings da III Copa CBA. A primeira é Vivy e Meg (poodle) da DOg World que já era Campeã na 7ª etapa. A segunda pode se considerar campeã depois da 8ª etapa, já que o único que poderia chegar aos 340 pontos de Merire e Nubia (Pastor Alemão) da Cão Bala passou pro grau, Tiago e Happy teriam que vencer as quatro provas finais do grau 1 e ainda torcer para que Meire e Nubia marcassem apenas dois pontos.

Tem mais uma dupla que está bem encaminha, também, é Cão Bala também. Ozzy com seu condutor Guilherme, tem uma boa vantagem, bastando marcara 11 pontos a mais na nôna etapa que Gabi e Vick (Lhasa Apso). Praticamente Capeão. No Grau 2 Standard acredito que o título fique com Zé/Neto (Border Collie) no grau 3 Mini com o Paulo e a Blanka (Pastor de Shetland) e no Midi com o Aurélio e Cacau (Pastor de Shetland). Nesses casos baseado não pelo total de pontos que uma dupla pode alcançar e sim pela média de pontos conquistada nas etapas anteriores.

O iniciante Standard também tem uma briga boa entre três duplas: Amadeu/Dick, Marco/Flecha e Adalberto/Yuki, todos Borders.



Tags:

Análises continuam

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. novembro 2008 23:17

Sempre falo quando faço alguma "previsão" baseado nos números que tenho e não na capacidade de A, B ou C de obter resultados nas provas. Assim queria terminar uma análise que comecei no post com o Post "Vaga no Mundial fica com Panda, Dino ou Blanka". Antes de mais nada queria dizer que acho ridículo especular sobre possíveis benefícios que algumas duplas supostamente teriam ou não dentro do site da CBA, que eu desenvolvo e alimento, na cobertura fotografica das provas. Quem fala isso não sabe nada, só sabe olhar para si e tem sérios problemas em identificar o que está sendo por lá, postado.

Falando um pouco dos títulos por categorias, no Standard o título vai ficar entre Panda e Dino, isso é certo, com certa vantagem para Panda que descarta 17 pontos contra 53 do Dino.

No Mini, três duplas tem chances. A matemática mostra que Alex/Skipper e Katia/Candy tem chances, porém a retrospectiva de ambas mostra o contrário. A média de pontos por prova de Alex/Skipper, pouco menos de 25, não é o bastante para conquistar o título. A mesma coisa ocorre com Katia/Candy que tem média de 21. Paulo e Blanka tem pontos para descartar, 35 contra 4 de Skipper e 9 de Katia, porém ainda sim é bem difícil, Paulo estará em pista para marcar pontos e a vantagem com descartes é mais que 50 pontos.

Na 5ª e 6ª etapas Alex marcou com Skipper 126 pontos, 63 por prova o que poderia dar o título à dupla, porém nessa mesma etapa Paulo e Blanka marcaram 85. O desempenho da primeira dupla é irregular enquanto que o líder tem tido um desempenho mais homogênio. 

No Midi Aurélio/Cacau (197) descarta 29 pontos, Alex/Tyller (141) descarta zero e Samir/Lola (126) descarta também zero. Novamente a média de pontos por prova será utilizada. Alex/Tyller tem uma média de 17,62 pontos por etapa, enquanto que Samir e Lola 15,75. Na teoria o título é de Aurélio com Cacau com a média de 24,62. Parece que Lola está esperando filhotes, por isso não competiu as provas em Vinhedo e não vai competir, caso se confirme essa informação, nas provas do pet Memorial. A vantagem de Alex é que ele já descartou dois resultados ruins, onde não marcou nenhum ponto, logo essa diferença de 56 pontos pode ser tirada mas teria que fazer algo que nesse campeonato não conseguiu fazer ainda com Tyller. Ao seu favor tem o retrospecto no Pet Memorial, onde ano passado conquistou a 3ª colocação no Unificado Grau 3 nas provas realizadas neste local.

Dias 12 e 13 de dezembro saberemos o resultado final.



Tags:

Vaga no Mundial fica com Panda, Dino ou Blanka

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. novembro 2008 11:52

Antes das quatro últimas etapas qualquer dupla, matemáticamente, grau 2 e 3 tinha chances de vencer o Unificado, agora depois das provas de Vinhedo apenas três tem chances. Rodrigo/Panda, Zézinho/Dino e Paulo/Blanka. A única dupla não Standard tem menos chances, já que tem 144 pontos a menos que o primeiro e uma vitória no combinado com as duas melhores passagens vale 74 pontos. Não falta capacidade, mas é muito difícil, apesar de já terem vencido duas etapas do Brasileiro seguidas no mesmo final de semana.

Zézinho teve o Campeonato na mão depois da 7ª etapa quando Rodrigo foi desclassificado no Jumping. Abriu cerca de 40 pontos e poderia pensar em administrar a vantagem até a 10ª etapa, mas a sua desclassificação no domingo permitiu que Rodrigo com Panda colocasse mais três pontos na vantagem que tinha antes de Vinhedo

 Pra ver o ranking grau 3 acesse o site da CBA www.agilitybr.com.br e na chamada para a Copa CBA.

 



Tags:

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"