Nimoy - treino Amigo Cão - 22/04/2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. abril 2017 21:12

O que falta pro Nimoy subir ao Grau 1? Pouca coisa. Muto, pneu, distância e slalon. Quando vai acontecer? Ninguém sabe.

Mas agora é a hora de acreditar nessas entradas de longe. Muro e distância são saltos, não vejo muito problema. Pneu também é salto, mas é de dinâmica diferente. Slalon é algo que está ai para terminar. Você deve ter se perguntado, mas e os contatos? Bom no G1 agora tem Jumping, então...

No vídeo abaixo a entradona de slalon do treino. A Vívian estava levando ele até bem perto.

Nimoy bem soltinho. #pastordeshetland #shetlandsheepdog #Shetland #sheltie #dogagility #agility

Uma publicação compartilhada por fabiano estigarribia (@fabiestiga) em



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy - treininho divertido

escrito por Fabi Estiga nesta data  13. abril 2017 12:56
De boas, ontem os saltos montados desde o treino da Lew, catei Nimoy e fui dar uma treinada. Coloquei o celular pra gravar e o bicho tava loucão. Adoro ele, pena que ele não sabe do potencial que tem. Um dia quem sabe, ele saca. Né?



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy - 5 x 1

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. fevereiro 2017 12:31

Poderia ter sido 6 X 0 pras desclassificações. O primeiro objetivo foi alcançado e já vi com muito mais empenho cães com resultados menores. É um longo caminho ainda pela frente, mas só o futuro e a continuídade do trabalho dirá onde podemos chegar.

São abundantes os casos de Shetlands com problemas, Nimoy não é fora da curva, ele é quase que a regra. Muitos bons cães tiveram e tem problemas, logo em parte a culpa não é nossa, mas também é. Infelizmente existe nesse tempo que ele esta conosco, quase dois anos, um lapso de treinamento que deixou alguma marca na personalidade dele.

Treinos e provas

Estivemos em Itu, treinando e competindo. Lá o treino foi muito bom, mas conforme as pessoas foram chegando ele foi diminuindo a confiança. Vívian forçou um pouco no treino, deveria ter parado antes. Ok. Na prova foram quatro desclassificações. Na última por uma parte de culpa minha, que fiquei muito perto da pista. Sentiu meu cheiro e foi atrás de mim.

Na terça-feira fomos até a ABRAFA, treinar com o Paulo e a Juliana. eles tem muita experiência com a raça, bem como Samir também tem. Todos deram ótimas dicas. Alias dica não falta. Muitas pessoas falaram muitas coisas, porém não dá pra fazer tudo o tempo todo.

Na ABRAFA, a noite, ele estava muito cuidadoso. Fez o exercício proposto, mas não de forma natural. Estava travado. Depois do treino com o Paulo alguns tratamentos foram realmente alterados na vida do Nimoy. E no domingo fomos até o Dog World.

Eu falei pra Vívian antes que achava que ele faria as pistas lá. Por dois motivos:

1. O Dog World tem a pista fechada, cercada e com mureta. Não teria pra onde escapar como no Clube de Cãompo;
2. As provas seriam as primeiras. Poucos cães inscritos (44 no geral) e pouca gente, pouco barulho.

E a primeira pista ele completou zerada. Sem o empenho que ele tem em casa, mas foi. Abaixo o vídeo.

Na segunda pista acho que a Vívian deu uma errada na condução e ele acabou saindo fora do eixo. A melhora foi boa e em Março temos provas novamente do Brasileiro.



Tags: , ,

Agility

Nimoy vai pra pista

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. janeiro 2017 13:52

Bom, não é novidade, mas agora é OFICIAL. Piculino vai pra pista em Itu. Cedo? Tarde? Difícil dizer, é um dog que já tem dois anos de idade, teve uma "quebra" de treinamento e voltou nos últimos meses aos trabalhos.

Entenda como quebra uma parada. Acho que ficou uns seis meses sem treinar. E retomar não foi tão complicado pra Vívian.

Miguel escreveu sobre a Shetland da Edilene que fará suas primeiras pistas nesse mesmo final de semana, junto com outros tantos cães. Aqui o texto.

Temos alguns treinos ainda pela frente, o fato é que o dog consegue fazer facilmente com a Vívian, em teoria, uma prova de iniciantes. Se ele vai conseguir fazer são outros 500.

A intensificação dos treinos em obstáculos não necessários no G0, como passarela, gangorra e slalon, são indícios do nível que ele se encontra. A velocidade dele é outro ponto para destacar. Em casa é muito boa, na Amigo Cão vai melhorando conforme o treino.

Se eu disser que não espero nada dele seria mais fácil não gastar dinheiro com inscrições e carteira de trabalho e simplesmente deixá-lo quieto. Vamos apenas esperar e ver, depois comentamos mais.



Tags: , , , ,

Agility

Treino na Amigo Cão - 07/01/2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. janeiro 2017 11:58

Dez obstáculos. Foi tudo que Nimoy fez ontem. E foi o dia em que ele mais fez em toda a sua vida de agility. Acredito que na Copa CBA em Itu ele vá pra pista. Já pedi a carteira de trabalho inclusve.

É uma boa forma de motivar a Vívian. Eles estão muito bem. Em casa bem melhor, mas ontem na Amigo Cão foi bem legal, longe do potencial dele, bem verdade, no entanto confiando na condutora. Isso é MUITO bom. Abaixo vídeo:



Tags: , ,

Agility | Treinamento

Treino NImoy - 03/01/2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  3. janeiro 2017 21:53

Primeiro treino mostrado aqui no blog em 2017. Nimoy novamente, dando um trabalho, mas melhorando a cada dia. Isso é que falta nele, condução.

Falta um pouco de espaço aqui, é verdade, mas dá pra ir treinando. Tem sido difícil fechar a agenda, sempre foi em dias de semana, pra estarna Amigo Cão. E nos finais de semana não estamos levando sorte. Acho que foi um treino lá nos últimos dois meses. Muito pouco.

Pra um iniciante, está bem legal, falta muito, porém legal.



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy 2 anos

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. dezembro 2016 11:22

Hoje é aniversário do Nimoy, dois anos. Tenho comentado muito sobre ele nas últimas semanas. Quem quiser ler tá tudo escrito ai.



Tags:

Nimoy

Treino Nimoy 16/12/2016

escrito por Fabi Estiga nesta data  17. dezembro 2016 00:19

Confesso que me impressiona um pouco esse crescimento do Nimoy, no slalon. Hoje foram diversas entradas, umas 10, sem um erro sequer. E o slalon está bem aberto já. Tem apenas telas pra obrigar ele a mudar de direção, mas ele poderia sair a qualquer momento.

Eu não esperava. Tá certo que tudo o que foi feito até agora ele já havia feito antes quando eu o treinava. Porém o slalon assim é novidade. Estou surpreso com a evolução e feliz. Dessa forma, sem nada de imediatismo, naturalmente ele estará em breve com o slalon pronto.

Óbvio que é bem pouco ainda, comparando com o monte de coisas que ele tem que aprender. O dog não tem nem fica, pra ter uma noção. Pneu, Passarela, Rampa, Salto em Distância... pfff... é tanta coisa que cansa só de pensar. Nesse momento estamos de boas com o vídeo abaixo.

E a felicidade da @vivianrazel ? #pastordeshetland #shetlandsheepdog #sheltie #Shetland

Um vídeo publicado por fabiano estigarribia (@fabiestiga) em



Tags: ,

Treinamento

O mais cachorro dos cachorros

escrito por Fabi Estiga nesta data  13. dezembro 2016 01:11

Em um determinado momento eu me arrependi de ter escolhido um Shetland pra fazer agility. A comparação com o Border foi inevitável. Um dos posts que não publiquei é exatamente sobre isso.

Não me faltaram conselhos e informações. Muitos desses desanimadores.

Treinar um Shetland não é bem seguir um caminho tortuoso. É tipo um jogo de tabuleiro, que você tira uma cartinha e ela diz "Seu Shetland não gostou da cor do seu tênis, volte para o início do jogo".

Nunca me arrependi de ter escolhido um Shetland para ser um cachorro. E ele é muito cachorro, muito parceiro, esfomeado, bom pra assistir TV, bom pra dormir na cama, pequeno, compacto, come pouco, mas quer sempre comer algo, se presta para tudo.

É um cachorro incapaz de esboçar um mínimo de agressividade, mesmo quando é apertado daquela forma Felícia de ser.

É como eu falo sempre: o agility você vai fazer e vai parar. Talvez junto com o seu cão. Ele ainda viverá por um longo tempo sem praticar o esporte. Então, o importante mesmo é ser um bom cachorro fora da pista.

Nisso o Nimoy é 1000 graus.



Tags: , , ,

Nimoy

Vívian e Nimoy - treino 10/12/2016

escrito por Fabi Estiga nesta data  10. dezembro 2016 23:20

Por partes, porque depois de um mês sem treinos não faltaram assuntos hoje na Amigo Cão. Primeiro vou falar do Nimoy. Muito feliz com a dupla, mesmo que os resultados sejam pequenos ainda.

Não tenho dúvidas de que Nimoy gosta dessa função. Basta melhorar a conexão entre os dois e a coisa fluirá. Já vi cães em situações bem piores virarem, então acredito muito nesse trabalho. Ainda mais vendo o crescimento dele dentro de uma passagem em pista.

Nesse mês trabalhamos não apenas o elo entre condutor e cão, trabalhamos também condução e a base. Porque em casa Nimoy é um dog normal. Ao sair da sua zona de conforto ele perde um pouco de sua personalidade. ABaixo o vídeo.



Tags: ,

Nimoy | Treinamento

Entrevista: Níconimôco na pista em 2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. dezembro 2016 14:08

Aposetado da F1 Nico Rosberg diz que não corre mais, porém o Nico Nimoysberg tentará. Hoje, acredito no potencial dele como cachorro, e vem mostrando em nossos treinos caseiros.

Se ele é tão bom porque o Fabí mesmo não treina e conduz ele?

Minha resposta é uma palavra, simples: paciência.

Acho que, pela minha ansiedade e imediatismo, não presto pra essa função. Vívian é a pessoa mais certa, já faz isso no trabalho. E menos peso nos treinos dele tem surtido resultado.

Bom, então porque o Fabí não tenta mudar?

Outra palavra: acomodação.

No entanto penso: pra que mudar se existe alguém que já é assim naturalmente? Meu tipo de personalidade, meu "modus operandi", casa demasiado bem com o Border Collie. De cabeça dura já chega eu, preciso de um cão responsivo.

Quando vai pra pista?

Ai você já quer saber muito.



Tags: ,

Agility

Nimoy - slalon na hora que eu quiser

escrito por Fabi Estiga nesta data  10. maio 2016 22:26

Tem esse querer na hora que ele quiser. Nimoy é assim. Você fala "sobe aqui" batendo no sofá e ele não sobe. Você vira pro lado e ele sobe. No fundo ele faz tudo o que você quer, mas na hora dele.

Errado ou certo, tudo o que eu faço agora com ele é sem compromisso. E o slalon que montei com quatro barras é isso. Um obstáculo sem compromisso. Pra premiar mais rápido apenas quatro. Ele fez várias vezes, numa velocidade até aceitável. Bem mais rápido que o cão mais lento que já vi fazendo esse obstáculo, mas lento comparado aos Borders aqui de casa. Comparação injusta.

Porém depois de um tempo ele faz apenas o que ele quer, entra pelo lado errado, mando de um lado e ele faz a volta e entra do outro... é uma vida de doido essa, mas vamos fazendo. Não gravei porque quando gravo quase nada dá certo.



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy, a volta do que não foi

escrito por Fabi Estiga nesta data  5. maio 2016 22:54

Eu pensei, nem vou falar mais do Nimoy, porque desmotivei muito com ele desde o ano passado. Ele simplesmente parou de fazer o que já sabia.

Acredito muito que os cães sacam melhor de nós do que nós mesmos. Um cão que já tem fama de sensível então... me estressei com ele por uma questão: ele faz as coisas na hora que quer fazer, quando e como.

Isso me deixava louco. Sempre tive meus Borders, até os que não gostavam de trabalhar, na mão. Chama e vem, solicita e faz. Ter que "implorar" para que algo fosse feito era impensável. Ainda é.

Do outro lado, tirando o treinamento e condicionamento que o agility exige, é um cachorro incrível. O mais cachorro dos cachorros aqui de casa. Grande parceiro pra ver TV, dormir, comer, muito atento e sempre disposto para brincar.

E isso me chamou a atenção. Depois de tentar treinar e ele simplesmente se negar, resolvi deixar pra lá. Vamos deixar o tempo passar e ver no que dá.

Nisso parei de pensar em Nimoy como um cachorro que estará em pista em algum momento. Parei de pensar em treinos, em como e quando ensinar tal coisa, porém ainda me intrigava o fato dele não querer brincar comigo na pista e querer brincar em outros momentos.

Ele amadureceu, eu amadureci e ontem enquanto estava no pátio limpando e trocando a água, ele veio morder minha calça, algo que não fazia há tempos. Dei a manga do meu moleton pra ele morder e ele mordeu. Voltei aos tempos de Glee e peguei um pedaço de cano e pendurei na ponta um brinquedo pra ele caçar. E ele caçou.

Fiquei muito feliz porque parecia o início, lá quando ele chegou, pequeno. Não apenas foi atrás do brinquedo, mas foi com vontade, com gana. Não deveria, só que é impossível me conter, coloquei duas asas de salto e fiz ele fazer a volta, primeito com o cano e brinquedo, depois sem nada nas mãos. E ele fez!!!

Voltou, pensei. Nimoy voltou. Ou foi hoje que ele estava afim?

Deixei passar, fiquei feliz e ponto. Hoje, novamente fui lá e treinei um pouco. Foi melhor, já fiz coisas que não tinha feito no primeiro dia e ele estava na wibe boa do agility.

Agora é um dia de cada vez.



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy - treino gangorra

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. setembro 2015 18:28

Terceiro treininho do Nimoy com a gangorra assim. Antes, no vídeo, tem um esquenta rápido pra ele ligar.



Tags: ,

Agility | Treinamento

Nimoy - treino 19/08/2015

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. agosto 2015 13:51

Passei quase um mês sem trabalhar com o Nimoy em casa. Essa semana estou pegando mais nos treinos e colocando em dia esse baixinho. Dá pra ver bem nesse treino que ele vai cansando durante a atividade. Uma das grandes diferenças que sinto entre as raças (Border e Shetland).



Tags: ,

Agility | Treinamento

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"