Burning the Movie - bocaberta

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. junho 2016 11:30

O que deixou Tiago, literalmente, de boca aberta? Comida, Cachorro, Congestão Nasal?



Tags:

Burning the Movie

Cadastre-se e receba exercícios por email

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. abril 2016 10:55

Truta, Tiago Vieira, tem um site sobre agility, Aqui ó http://agilityexercicio.com/. Eu já sabia, mas por algum motivo não tinha registrado a informação aqui. O mais legal é que você cadastra o seu email na ÁREA VIP e recebe uns exercícios pra começar a treinar. Muito bom, gostei!



Tags: ,

Agility

Um diferenciado diferente - Truta

escrito por Fabi Estiga nesta data  17. agosto 2015 11:42

Joinville é quase o meio do caminho entre nossos pontos de partida no RS e São Paulo, destino mais comum das provas de agility nacionais. Tem uma piada que diz "o cego sabe quando chegou em Joinville porque sente a chuva". Parece que está sempre chovendo lá. A primeira vez que paramos, de Picasso preta, do Aurelio foi no posto Ipiranga que fica logo na entrada da cidade, a do Moinho.

Eu sempre queria passar no meio do Moinho, tem uma passagem pra carros. Aurelio nunca passava. Até que um dia cheguei dirigindo e passei. O Schubert reclamou, claro. Não era a primeira viagem, então já sacava quando era brincadeira e quando era verdade. Quase sempre era verdade. No entanto na primeira viagem de carro já catamos um indigitado em Joinville, com seu cão.

Naquela época um cara de 22 pra 23 anos, com seu dog. Mago!

Foram muitas viagens em 2006 e 2007, uma convivência intensa de muita amizade e companheirismo que marcou nossas vidas. Tanto que mesmo hoje em dia mais de sete anos depois que paramos de viajar juntos ainda sempre penso nele como um parceiro de equipe e viagens. E tenho certeza que o contrário é verdadeiro.

Tiago terminou mais um período da sua vida pessoal, profissional no dia 15 de agosto, sábado passado, quando treinou pela última vez como professor do Dog World. Foi uma saída tranquila e foi feita até mesmo uma festa de despedida, um Café da Manhã! Tem vídeo aqui. Emocionante.

Deixou de ser treinador e agora volta apenas a ser apenas competidor.

O Dog World é uma das maiores escolas de agility do Brasil, fica sempre entre as que tem mais competidores inscritos nas provas nacionais e estaduais de SP. Passar oito anos coordenando as coisas por lá e sendo responsável por tanta gente é algo que poucos conseguiriam. Eu por exemplo jamais.

Então parabéns meu amigo e boa sorte nos novos desafios dessa vida.



Tags: ,

Agility

Você voltou Happy!!!

escrito por Fabi Estiga nesta data  7. janeiro 2015 19:49

Numa dessas tantas viagens que fizemos, numa bela noite, escondemos o Happy. Para desespero total do Tiago. Uma das melhores histórias do agility que temos pra contar, Eu e o Aurélio, das nossas viagens. Leia ela!

Nos primórdios das nossas viagens, lá por 2008, a gente brigava e dormia em qualquer lugar. Sempre virados e com fome. A casa do Dan, lá em Cotia era nossa base, nossa e de mais um monte de gente. Dan, uma mãe brasileira do agility.

Ai, nosso brother Tiago Vieira, vulgo Truta, um belo dia resolveu levar uma barraca para dormir lá no Dan, outdoor. Tipo, levar uma vida selvagem. Ignorando o fato de que a gente levava MUITOS CÃES e coisas dentro do carro, não havia muito espaço, ele ainda quis levar uma barraca!? Aurélio deu uma surtada lá em Joinville mesmo.

Também ignorou o xixi dos cães.

Mas a noite rolava um churras, com céva e steinhager. Esse último no final, porque o pessoal pirava na batatinha. Então era comum muita bobagem rolar. Truta resolveu deixar Happy e Mago dentro da barraca, soltos. Lá pelas tantas aparecem os dois caminhando. Fugiram, é óbvio, da barraca. Lá foi Tiago, pacientemente, guardar os dois.

Na segunda vez que eles sairam, Tiago estava no banheiro e Naldinho, um dos cuidadores do Dog World na época, que ligava o fogo do churras com maçarico, simplesmente guardou o Happy numa das caixas achando que era um dos dogs do Dan. Mas viu que não conhecia direito o cão e falou pra nós.

Imediatamente, nossa mente suja e bêbada ligou: "deixa assim Naldinho, o Tiago vai ficar louco procurando". Pra piorar o Aurélio ainda pediu pro Naldinho falar que tinha visto um cachorro solto lá pra baixo, quase na rua.

Pra que? O que vimos depois da volta do Tiago do banheiro foi o desespero em pessoa procurando pelo Happy. Deu pena, até o momento em que começamos a rir. Ai ele viu que era sacanagem e ficou muito puto. Foi deitar na barraca, nem deu boa noite e viu o Happy apenas no outro dia, quando Naldinho, o homem das guias com nomes, soltou o tricolor barriga verde.

A foto que ilustra o post foi tirada nesse dia, uma manhã de domingo, nublada como tantas e tantas que vimos amanhecer em Cotia, no Dog World. Ele dizia "VOCÊ VOLTOU HAPPY, VOCÊ VOLTOU!!!!".



Tags: ,

Agility

70 - Life no Grau 3

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. abril 2014 14:31

(4985) Não poderia deixar de colocar aqui uma pequena lembrança ao meu grande brother Truta Rock que passou pro grau 3 durante a 3ª etapa do II Campeonato Mineiro de Agility. Casualmente na sexta-feira, vésperas das provas do XVBR de Campinas perguntei se era nesse final de semana que ele mudava pro G3. Disse que não tinha nenhum combinado.

Pois é, em duas provas fez os dois.

Grande dupla. A doga mostrava desde o início que seria show, mas deu muito trabalho. Não foram poucas as vezes que vi o desapontamento pelos maus resultados no rosto de Tiago. Que merece muito esse resultado pelo trabalho que fez e faz. Lembrando que, de verdade, é o segundo cão que ele treina para competir.

Xingão

Na sexta-feira que fomos treinar no Dog World a primeira coisa que fiz após dar um abraço nesse velho amigo foi abrir meu coração: "Que bosta foi aquela? Tu tem idéia do quanto eu te xinguei depois daquele agility individual do Américas e Caribe?" disse eu.

Ele deu risada, porém parece que adiantou.

Mineiro

Aproveitando o post, os resultados da 3ª etapa já estão no site da CBA. E mesmo com poucos inscritos a prova teve um bom índice técnico, pelo menos no quesito Best Lap. Só uma pista, o agility grau 3, não teve uma melhor passagem zerada.



Tags: , ,

Agility

Uma Vida Feliz ou uma Feliz Vida

escrito por Fabi Estiga nesta data  9. janeiro 2013 18:08

Só de olhar pra cara desse bicho já dá pra ver que ele é bom... De foto né?! Porque de agility deve ser uma ósta igual ao pai e a mãe. kkk. Brincadeiras a parte a ninhada é de Macho. São 5 ao todo. Happy X Life. Dogs do Tiago Vieira. Truta Rock para os mais íntimos, como eu.

Mais informações no link abaixo, só tem dois:
http://www.bordercollie.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=984



Tags:

BC

Pra pensar durante o final de semana 2

escrito por Fabi Estiga nesta data  13. julho 2012 18:43

Tem muita gente que só pensa no próprio umbigo. Em geral as pessoas pensam sempre nos umbigos. Alguém aqui gosta de futuca-lo? Só eu? Bom... (kkk) e isso é ruim quando precisamos sempre de outras pessoas. Eu vejo muito isso no agility, tem gente que só pensa no próximo, quando ele é o próximo. Sacaram?

Eu acho um absurdo, numa classe agilitísta - use o substantivo que quiser: agilista, agiliteiro, agilitador - que vejo ser tão "educada", encontrar em uma prova cocô no chão. Porque pelamordedeus é uma falta de educação, de civilidade, imensa.

Junta o cocô do cachorro, pomba.

No regulamento novo tem algo legal. Pro lado bom e ruim, depende do ponto de vista. O Miguelitto Fericatt escreveu sobre isso. E motivou esse post. O link segue abaixo:
http://ferigatto.wordpress.com/2012/07/13/vamos-agilizar/

Vai dar o que falar com certeza porque tempo é relativo. Já dizia Einstein. Ainda que usar a teoria da relatividade pra medir segundos no agility seja blasfêmia para um físico, considero uma boa forma de comparar. Cinco minutos podem passar rápido ou devagar, depende do que estamos fazendo, imagina então cinco segundos?

Se não sacou foi porque não leu o post do Miguel, nem o regulament, então leia! Alias.

Coisa que poucos fazem, nem eu fiz, é ler os regulamentos. FCI, Nacional e do Paulista que começa final do mês. É obrigatório. Não apenas por ler, mais importante do que isso é procurar tirar as dúvidas. Conversar com colegas, debater e fuçar.

Bom final de semana para todos!



Tags: ,

Agility

Análise rápida

escrito por Fabi Estiga nesta data  17. março 2009 23:22

As pistas do Artur, Agility Grau 2 e 1 do sábado, tinham um exercício igual nos dois graus. Na pista Grau 2 era depois do túnel abaixo da Rampa A: salto, casa, muro, salto, slalon, salto, passarela. Essa sequencia era igual nos Agilitys do Artur então posso comparar o Schummy com a Guíça sem problemas. No entanto vou colocar também o Happy nessa análise. Happy é na minha opinião tão bom quanto as grandes promessas do Agility que surgiram por ai, talvez a diferença seja o Tiago, ainda, que melhorou demais e que deverá continuar crescendo.

AOS NÚMEROS:

A guíça fez esse "percurso", citado acima e em negrito, no seguinte tempo: 17,58.
Já seu pai fez no grau 2 a mesma apresentação em: 16,09 (bem melhor).
Enquanto que Happy, mais novo e melhor treinado em 14,98 (muito melhor).

Porém ah porém ocorre que os três perderam tempo na subida da passarela e é claro que quando se perde ali se perde em todo o obstáculo. Nenhuma delas foi, nem de perto boa. Os tempos de cada um nas mesma ordem apresentada acima. Gui 4,60, Schummy 3,51 e Happy 3,20. A melhor da Guíça gira em torno dos 2,4 do Schummy 2,5 ou 6 e o Happy tenho certeza pode fazer em 2,2. Porém como a pista estava molhada bem na subida da passarela eles molhavam as patas antes de precisar tracionar pra ganhar velocidade, assim quando tentavam faltava Grip e ai todos os três diminuiram e quem mais fez isso foi ela.

Vamos considerar que o tempo da Guíça poderia ter sido, na passarela 3,5, igual ao Schummy, teríamos assim, ao invés dos 17,58, bons 16,40, se considerarmos a passarela do Happy teremos 16,18. Não é ruim ficar a 1,2 do tempo do Happy o segundo melhor de todos os graus. Se tivesse feito a sua melhor passarela teria feito o TSP, embora tenha feito uma falta de percurso.

A dependência que comentei em um post abaixo se reflete diretamente no tempo em pista. Logo o que a Guíça faz, seu tempo, não é exatamente aquilo que ela poderia  e sim aquilo que eu posso. Credite também as zonas de contato pouco seguras em que preciso bloquear, mostrar, rezar... temos o tempo ou a perda de tempo da Guíça.

Abaixo a pista do Happy no Grau 2:



Tags: ,

Dani e Cosmo no Brasileiro

escrito por Fabi Estiga nesta data  29. janeiro 2009 16:11

Depois de várias semanas de negociações, minutas de contrato pra lá, minutas pra cá, advogados insanos querendo o melhor para os seus clientes, atender as exigência da dupla para competir, fechar e assinar o contrato, enfim... depois de meses assim, negociando, falando, tentando entender, enfim, depois de anos assim a dupla Dani e Cosmo (Cocker Spaniel Inglês) vai competir a abertura do X Campeonato Brasileiro pela Amigo Cão.

Os termos do contrato são sigilosos, mas posso adiantar, em OFF, que os adevas não escutem, que foram duas Coca-Colas, um folhado de frango e um mandolate por final de semana. Preciso rever o meu contrato, to ganhando pouco.

Brincadeiras de lado, já tivemos uma dupla de Santa Catarina competindo pela Amigo Cão e foi um grande prazer compartilhar tantas viagens com o Tiago que accabou virando um Frankstein no bom sentido, alias o Frank não é mau as histórias de terror é que fizeram ele assim. O Tiago é cria da Amigo Cão e fico muito feliz em ver ele cada vez melhor em São Paulo conduzindo o Happy e o Juca. Agora a Dani vai competir duas provas pela Amigo Cão e fico feliz também por ela não ver problema nisso. Assim como o Aurélio estava pra ajudar o Tiago estarei lá, junto com o Aurélio e mais um monte de gente com certeza para fazer disso uma das melhores coisas que já aconteceu na vida agilitistica dessa dupla.

Obrigado Val, por fazer os meios e obrigado Dani por competir com o Cosmo pela Laranja do Vale dos Sinos.



Tags: , , , , ,

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"