Tags:

Passando a limpo o XIBR com meus cães

escrito por Fabi Estiga nesta data  9. junho 2010 03:38

Encerrado o campeonato achei legal fazer um levantamento do que aconteceu de bom e ruim com meus cães dentro do XIBR. Foram altos e baixos, pouco treino e algumas alegrias. Os pódios com o Bola no grau 1, foram três e o único com a Guíça no grau 2 são os positivos da trajetória.

Negativa foi a queda de rendimento no final do Bola que nitidamente precisa, está na fase, de treino. Tem bem fundamentado os saltos e slalon, mas precisa unir tudo isso em uma pista. Vejo bom rendimento em situações isoladas. Em termos de zonas a Rampa A continua boa, mas já perdeu velocidade, passarela que era legal tá ruim e gangorra nem se fala. Schummy também andou meio mal, marcou uns pontos aqui e al totalizando 46. Além das barras, em algumas provas levou três ao chão, pecou em algumas zonas.

Positivamente vejo a Guíça como grande surpresa pra mim.

A 21ª posição no ranking do grau 2 com 99 pontos foi pra mim excelente. Foram apenas cinco das dez etapas. Nas duas primeiras eu estava totalmente fora do ar, há um puta tempo sem treina-la, só a Vívian colocava a mão, e fui muito mal. Nas provas do InCão não competi. Voltei no CTA e fui ao pódio. Terminei minha participação na 9ª etapa em Itú com uma colocação modesta no combinado, mas com um excelente zerado no agility, ficando atrás apenas da Dona e Backer.

Acho que se tivesse entrado em pista domingo, 10ª etapa poderia ter subido mais um pouco, tendo em vista o resultado combinado das provas e o que a Vívian fez no Jumping dessa etapa, terminando na 6ª colocação.



Tags:

Alive and Kicking - como assim Itú...

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. maio 2010 15:17

Por que uma cidade paulista se chama Itú? Deveria ser Evocê. Itú (?) seria aqui no RS e ou em Pernambuco onde falamos corretamente já que é "eu, tu e eles". Itú vivente como vai? Entenderam?

Informações sobre as finais do Brasileirão no ar já:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=1256

Tamaio, Artur, Dan e Eugenio julgarão as provas. Sendo que o primeiro e o terceiro julgarão os jumpings, enquanto que o segundo e o quarto os Agilitys. Isso no grau 2 e 3. Quem tem e precisa de EZ´s no grau 1 confira no link os outros árbitros.

Pra terminar uma piada.

O gaúcho comprou um carro e deixou estacionado na frente de casa. Mostrou o carro pra família e entrou pra almoçar. Quando voltou o carro não estava mais lá! Qual o nome do carro??? 



Tags:

Queen Lóli

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. abril 2010 13:54

Parece que foi ontem que começou a bagaça e já foram 74 disputas. A regra pegou e hoje ninguém mais reclama de disputar o ranking contra todas as duplas grau 3. O grande vencedor ainda é Rodrigo com Panda, porém três duplas são fortes candidatas a chegar perto e duas até podem passar. Zé e Dino tem 9 vitórias e estão na segunda colocação.

Quando terminou a Copa CBA o grande duo do Brasil era Felipe com Petit, com duas vitórias nas duas etapas finais da competição. Venceram ainda outras duas provas nessa temporada. Acontece que Samir com Lóli estão hoje um passo a frente e já são seis conquistas. No Brasileiro, XIBR, são três em seis, 50%. Se vencerem mais um igualam o desempenho de Rodrigo e Panda na primeira temporada de disputade unificados 2006/2007.

É bem provável que isso ocorra, como é provável que Felipe volte a vencer com Petit e Zezinho om Dino, mas igualar o desempenho do "King Panda" seria histórico.

Quem quiser ler mais tem uma matéria no site da CBA:
http://www.agilitybr.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=1225



Tags:

Guiça em 4º, primeiro pódio no grau 2

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. abril 2010 22:00

Nessa minha longa jornada de provas oficiais, no grau 2 desde 2007, abril acho, ou seja três anos, nunca havia entrado entre os três melhores do grau 2 Standard e agora, mais recente, entre os cinco. Pois é, na sexta etapa do XI Brasileiro chegou a minha vez. É bom ir pro pódio e é fácil acostumar também. Não sei quanto tempo vai demorar pra subirmos (Eu e Guíça) num do Grau 2 então estou aproveitando o momento.

Sem desculpas.

São cinco meses sem treinar com ela e me senti bem conduzindo, principalmente nas pistas da Camila por um motivo simples. Entrei primeiro com o Schummy e esse reconhecimento de luxo ajudou, quando entrei primeiro com a Guíça, nas pistas do Renan, fui melhor com ele. É um luxo realmente ter dois cães no mesmo grau. No final das contas o resultado foi melhor com ela. Indiscutivelmente apesar de ser um prazer conduzir o Schummy a Guíça é mais fácil por ser melhor treinada. Precisa corrigir, com treino, slalon e zonas de contato. Corrigir não, melhorar. Agradeço pelo treino a Vivian, que tem se dedicado a isso. Obrigado por ter emprestado a doguinha!

Abaixo a melhor pista do dia. O Agility Grau 2 da Camila



Tags:

As pistas do Grau 1

escrito por Fabi Estiga nesta data  7. março 2010 23:00

Entrar quatro vezes em pista em um mesmo dia pra mim não é novidade, já tive dois cães competindo e apesar de não chegar nos níveis de Jorge Pais e Carlinhos que chegam a inscrever seis cães para uma mesma prova, já entrei com três. Considero que dois cães é o máximo que eu aguento hoje nesse formato. Ou oito pistas em apenas um dia.

Cheguei no final das quatro pistas de hoje, domingo, bem cansado. Tanto que nas duas últimas eu me sentei na pré-pista e fiquei com o Bola no colo. Tava cansado de ver cães em pista, cansado de esperar pelos outros e de correr retas de 20 metros. Estar fora de forma significa ficar extremamente cansado depois de uma pista grau 1.

As pistas da 3ª etapa estava mais técnicas. Artur e Giovanni montaram os percursos. Considero o do Artur o mais trabalhoso de todos. O do Giovanni também era e foi a minha melhor passagem no final de semana nesse grau. As outras duas pistas, 4ª etapa, foram julgadas por Augusto e Tamaio. Em ambas longas retas.

Alguns defendem que as pistas grau 1 devem ser montadas para apenas avaliar se os cães sabem fazer os obstáculos e os que dizem que precisa ter algum grau de dificuldade. Todas de hoje eram acessíveis, não havia nada de absurdo.

Abaixo minha pista Grau 1 julgada pelo Giovanni Barsanti, a minha preferida do domingo:



Tags:

Três quartos

escrito por Fabi Estiga nesta data  6. março 2010 23:17

O dia até que rendeu. Achei que ia ir com a camisa do Grêmio, mas a gola me irrita muito o pescoço. Frescuras a parte o dia foi de uma chuva que chateou os agilitistas. No início da tarde parou e no final dela fez até um solzinho, daqueles que não fazem diferença, não esquentou nem secou lhufas.

Minha participação com o Schummy foi legal. A primeira pista nervosa me rendeu um excelente e o 10º lugar entre os Standards. Confesso que não esperava e até comemorei ter completado. Na segunda fiquei no ponto que me preocupava (túnel na subida da passarela). Uma pena. Apesar de não estar zerado, passando daquele ponto a pista era fácil. Esse foi o combinado do Giovanni Barsanti que montou dois percursos travados e péssimos para o Schummy.

Nas duas pistas da 4ª etapa o árbitro era o Ernesto. Mais abertas e corridas eram mais a cara do Schummy e suas bandas grandiosas. Consegui completar as duas com um muito bom e um bom. Errei as duas entradas de slalon nessas pistas, ambas por relaxamento.

No geral foi bom. Marquei 18 pontos nas duas etapas, três e quinze. Faltou entrosamento e ao mesmo tempo senti que as coisas foram se encaixando durante o dia. Senti ele cansado na última pista, tanto que no final do Jumping da 4ª etapa corri mais que ele. Isso é um sinal. Alias vi vários dogs e condutores assim, com as baterias fracas.

A pista abaixo é a volta a grama sintética:



Enquanto que essa foi a última do dia. Dois refúgos, strike no muro e um out pelo lado de fora do qual me orgulho de ter feito. Falei com a Vivian que não ia dar tempo de chegar lá junto pro pivô. Acho até que ia ser feio. "Se fosse o Bola era certo" comentei com ela. Bola tem facilidade de fazer esse out onde você deixa o salto pro cachorro e sai da trajetória dele. Treinei isso na pré-pista, fiz umas quatro vezes e consegui na prova. Ganhei o dia.



Tags:

Página do Campeonato Brasileiro

escrito por Fabi Estiga nesta data  11. fevereiro 2010 14:16

Estou começando a colocar as idéias em dia, alias estou dando seguimento, comecei mesmo assim que acordei. Muito material do Campeonato Brasileiro. Fotos, vídeos, matérias. Algumas já foram ao ar, outras ainda precisam de acabamento. A galeria de fotos de sábado, com 25 fotos (as melhores) da Vivian de pista e minhas do pódio estão no ar. A página do Brasileiro mudou e agora todas as informações estão dispostas em um local como podemos ver na imagem ao lado.

Agora vou começar a publicar os resultados.

Vamos produzir um novo vídeo com imagens desta etapa usando algumas fotos que não foram pro ar. Temos imagens de outros retratistas que serão inéditas também. Vamos disponibilizar depois em algum servidor pra quem quiser.

Ainda sobre a Web da CBA: o site é muito grande, então é difícil atualizar sem deixar a atualização pra trás. Então estou trabalhando e modificando ele aos poucos. Os resultados por exemplo há algum tempo estão num sistema novo, essa página do ranking do XIBR é nova e em breve as notícias (comunicados e outras infos) terão um novo formato.

Aguardem!



Tags:

A falta que não houve

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. fevereiro 2010 18:12

Não sou árbitro, logo nem tudo que eu falo é certo em relação aos julgamentos. Apesar de discutir sobre regras com muita gente esqueço muito do que rola nessas conversas. Coloquei minha última pista de sábado com a Guíça num post mais abaixo e o Edu viu duas faltas. Uma na descida da passarela e outra numa telha.

Vou explicar: na verdade eu trombei com um salto que já havia sido feito, raspei nele exatamente no momento em que o cachorro cruzou o salto ao lado, dando a impressão para o Artur que o cão é que havia derrubado. Artur continuou olhando para a Guíça e após ela terminar o percurso olhou para ver qual havia caído e foi até a secretaria e tirou a falta que havia dado. Por esse motivo minha pista foi um excelente e não um muito bom.

Na foto da Vivian o Lothar, em homenagem ao Seo Kuka (Edu) que motivou esse post.



Tags:

Recorde de duplas

escrito por Fabi Estiga nesta data  5. fevereiro 2010 18:03

O número de inscritos para uma prova, talvez em pouquíssimas ocasiões, representa o número de cães em pista. Sempre tem alguém que não vai, que o dog amanhece mal, ou que o carro não pegou, enfim. Mas esse número demonstra o quanto as duplas querem competir na tal etapa. E as provas de abertura do XIBR foram muito queridas demais pelos agilitistas. Chegamos ao número incrível de 165 duplas!

Novas duplas, duplas antigas voltando (Rodrigo/Panda), nova escola (o que significa GAP? é o que todos querem saber). Ao contrário a Wofa, outra sigla que gerou dúvida, a GAP tem vários condutores e mostraria força num ranking possível de escolas.

Amanhã começa o Brasileirão e vamos ver quem estará melhor no final do dia e das duas primeiras etapas para os grau 2 e 3. Cedinho as 9 da matina começaremos a correria que vai seguir até o final da tarde. Jumping 2 me aguarde. 



Tags:

XIBR (50) - Massa (1) - Vídeo Agility (330)

escrito por Fabi Estiga nesta data  2. fevereiro 2010 20:39

Primeiro que Massa terminou no topo da tabela no segundo dia de testes em Valência - Espanha. Pilotando a belíssima F10 Felipe ficou pelo segundo dia seguido na primeira colocação e deixa amanhã o posto para Fernandinho Alonsito. Não gosto do Espanhol e acho que Massa tem condições de bate-lo. Pra mim não tem piloto acima da média esse ano. Schumacher que era o fora de série tem 40 anos, deve ter perdido um pouco da velocidade, não do talento. Caso não tenha o título já tem dono.

Segundo que já são 50 os inscritos para as provas do próximo final de semana e falta muita gente ainda. DW por exemplo só tem uma dupla na tabela, normalmente são 40! Vamos passar dos 100 fácil. Não sei se dá pra bater o recorde de 151 da III Copa CBA em Itú.

Terceiro que terminei de editar os 330 segundos do meu mais recente trabalho como filmmaker. Se for aprovado acredito que amanhã esteja disponível para visualização no site da CBA. Particularmente acho que ficou bom dentro das possibilidades. Pela primeira vez tive ajuda na pré-produção. A Vivian escolheu as fotos que mostram muito do que é o Agility.

Na área de edição trabalhei muito também. Não há sequer um segundo sem alguma edição. É um trabalho demorado onde é fácil perder 4 horas pra editar um minuto, mas o resultado final, na minha deturpada visão, ficou ótimo. Já vi dezenas de vezes e sempre me emociona alguma foto e descubro novidades em cada exibição. 

Volte amanhã se ficou curioso, quem sabe até mais tarde!



Tags:

Regulamentos

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. janeiro 2010 15:02

Enquanto lia a retrospectiva que eu mesmo escrevi sobre os brasileiros antigos, midi, vi que o regulamento atual contempla mais duplas que o que foi usado no 8º e 9º brasileiros. Usei como exemplo Eliete e Pituxa que venceram marcando pontos em apenas 5 das 14 etapas. No mini do 9º Regina com Kiwi também venceu com pontos nas mesmas cinco provas de 14.

No 10º BR que teve apenas 10 etapas, Aloísio/Juka marcaram em 5 provas, Edu/Luana em 9 das 10.

O que mudou foi a forma de pontuar. Nos últimos três brasileiros tivemos três formas diferentes de regulamento. Em 2006/2007 a dupla recebia pontos por prova, baseado na qualificação da pista (Excelente Zerado, Excelente, Muito bom, etc.) mais os pontos do combinado desde que tivessem duas pistas qualificadas como Muito Bom. No IX brasileiro mudou para pontos fixos sem desempenho por prova, ou perna. No X Brasileiro foi adotado o mesmo sistema que será usado agora com pontos por pista definidos pela colocação na prova mais pontos do combinado.

A diferença entre o regulamento de 2006/2007 para o atual é que no antigo independente da posição da dupla 1º ou 20º se a pista fosse um excelente zerado todos ganhavam a mesma pontuação. Hoje é diferente.

Claro que o número de etapas em que uma dupla marca pontos está diretamente relacionado ao número de provas em que participam. A diferença é que dependendo do regulamento, as vezes só de participar, recebemos mais ou menos pontos.



Tags:

Mudanças vem, mudanças vão

escrito por Fabi Estiga nesta data  4. janeiro 2010 13:57

Parece que o formato das provas do Brasiliero será diferente do que conhecemos hoje. Todas as quatro provas do Grau 1 e iniciantes serão realizadas em apenas um dia e as do grau 2 e 3 no outro. Não gostaria de fazer minha estréia com o Bola nesse sistema, quatro pistas em um dia, principalmente por ser estréia, acho que pode atrapalhar, mas é o meu caso.

Também não gostaria de ter dois cães grau 2 pra competir em apenas um dia. Oito pistas direto, oito reconhecimentos.

A Vivian leu no fórum do Agility News, que eu não visito há muito tempo, e escreveu um post sobre no blog dela. Como prefiro o blog dela, que completou 10 mil visitas hoje, segue o link mais importante.

http://virazel.blogspot.com/2010/01/uniao-nao-faz-forca.html



Tags:

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Difícil exercício, inútil, de operação matemática

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. junho 2010 15:25

Não há ranking algum de escolas, hoje em dia nem precisa inclusive. Sabemos quem seria o campeão em caso de uma soma de pontos. Pra que fosse possível ser menos injusto teria que haver três quesitos básicos, mas poderiam ser mais, pra dizer qual escola é a melhor. Claro que "eleger" a melhor não quer dizer ser a melhor. Então os pontos totais somados de cada dupla (1º), um quadro de medalhas como o que o Marco fez (2º) e não menos importante a média de pontos por dupla da escola (3º). Acho que isso definiria em parte a capacidade de cada escola dentro de um determinado campeonato.

Porém não vou fazer essas medições e também não vou tentar saber qual a melhor escola do Brasil, não vejo um motivo. Mas a soma dos pontos das duplas como elas terminaram o campeonato Brasileiro, ou nas escolas onde terminaram depois de possíveis danças de cadeiras é a seguinte:

       
Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"