Lew is - pegando nos treinos

escrito por Fabi Estiga nesta data  2. maio 2017 10:07

Os treinos da Lew tem sido de altos e baixos, não no sentido de desempenho, mas no sentido de ir ou não, treinar ou não. Tem que ter fóco nessa hora. E tenho destinado minhas forças na Glee, nesse final de temporada.

Mas ontem, no treino em pleno feriado na Amigo Cão levei Lewca pra treinar. e foi bom. Está atrasada, é bem verdade, nada que uma semaninha bem pegadinha não resolva.

Abaixo um vídeo de ontem 1º de maio de 2017.



Tags: , , ,

Agility | LEW | Treinamento

Treino na Amigo Cão - 18 de fevereiro de 2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. fevereiro 2017 13:00

Ontem, com forte calor, fomos pela manhã treinar na Amigo Cão. Pessoal novo fez aula ontem, com potencial, espero que continuem. Mais pra frente vocês ficarão sabendo ou não. Levei pela primeira vez a Lew. Foco dela é muito bom, doga demais. Abaixo um vídeo curtinho dela:

Lew primeiro treino, na Amigo Cão, com o @fabiestiga . #agility #dogagility #bordercollie #puppy

Uma publicação compartilhada por AmigoCão (@amigocaoagility) em

Não tenho muito o que falar, como já disse ela é muito boa e só me resta mesmo continuar treinando, só o dia a dia fará dela um bom cachorro de agility. Como bem comentou o Aurélio ela precisa de autonomia. E essa é talvez a primeira coisa para se trabalhar. Mas é bem início de treinamento.

Gostei das retomadas dela.



Tags:

Agility | LEW | Treinamento

Treinos intensificados

escrito por Fabi Estiga nesta data  13. janeiro 2017 11:29

Intenso não quer dizer muito. Intenso só quer dizer intenso mesmo. Antes mesmo de pegar a Lew perguntei pro Tiago qual seria a melhor idade para começar a treinar o dog pro agility. Ele disse que depende, mas que pelos 5 meses era uma boa idade.

Esperei a Lew completar 5 meses, domingo passado, para começar a treinar. hehehe. Segui tudinho a risca. Eu já havia feito algumas coisas com ela. Até pra sentir qual o naipe da bicha.

Ai treinei segunda, três vezes de 5 minutos já com obstáculos, na quarta uma vez e na quinta mais uma. A chegada dela nos fez rever todo o sistema de zoneamento aqui de casa. Ela testa tudo, mas tudo mesmo. Você coloca algo novo no pátio e ela saca muito rápido e vai lá testar pra ver o que é, se dá pra morder, derrubar. Um velociraptor.

Nesses três dias de intensidade ela melhorou muito, fazendo poucas coisas.

A queda da árvore, o plantio da grama nova, os portões e cercas que estou fazendo, o deck que vou fazer, tudo isso modificou muito nossa casa. Deixou tudo meio bagunçado também, mas melhoraram inclusive nossos treinos. Agora já estou pensando no que fazer com a passarela e mais saltos.

Na foto nosso retão. 25 metros que vão de 18 a 3 metros de largura. Difícil montar percursos, tem que ser PRÓ!



Tags:

Agility | LEW | Treinamento

Lew is - 5 meses

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. janeiro 2017 18:52

E hoje a filhotona da casa completa 5 meses de idade. Muitas coisas mudaram depois da chegada dessa louca. Uma delas, os padrões de segurança da casa. Ela já escapou duas vezes do pátio. Para nossa sorte ficou dentro da nossa casa, mas em uma área aberta. Pura sorte.

Muitos adjetivos para essa menina, todos positivos, não tenho nada pra falar de negativo. Claro que ela está, como podemos ver, há uma centena de dias aqui em casa. A adaptação dela foi fantástica. Border é Border, né? Então. parabéns Lew!



Tags: , ,

LEW

Acerca de Brasília

escrito por Fabi Estiga nesta data  7. janeiro 2017 14:22

Tudo planejado. Na quinta instalei o bagageiro da Brasília visando buscar madeira para uma cerca que passou da hora de fazer. Duas fugas da Lew mostraram que gambiarras precisam acabar. Pensei, vou chegar em grande estilo na madeireira.

Cheguei lá e pedi "quero madeira, pinos, 2,70 x 30". A mulher me olhou com uma cara de "o que é isso?" Repeti com mais dados "2 metros e 70 centímetros por 30 centímetros de largura, madeira". Disse ela "AHHH, tálboa de pinos". Muito contrariado com o "pobrema" da "tálboa" soltei um tímido "sim, isso".

Tábuas escolhidas, carreguei o auto, tudo bem amarrado no rack e larguei pro Théo. "Tu vai no teto segurando pra não cair". Ele óbvio, "tá, eu vou". Vejo hoje que minhas habilidades na área de carpintaria aumentaram. Há algum tempo que não fuçava com madeira e esse portão saiu rápido. Hoje já recebeu um pouco de veneno para cupin e ferniz.

Lew, o velociraptor testando a cerca nova.



Tags: , ,

Ah uma Brasa | LEW

o meu último cachorro

escrito por Fabi Estiga nesta data  2. janeiro 2017 19:09

Esse ano completo 40 invernos, prefiro contar os invernos, nasci nele. Enquanto escovava os dentes dia desses pensei: seria a Lew meu último cachorro de agility?

Na foto Lew, Ví e Coca numa volta de Brasília que demos dia desses. Quando peguei o Schummy eu levava ele para todos os lugares de Fusca. Visitava meus clientes e ele ia junto. Ele tinha contato com um monte de pessoas. Socialização nota 10.

A Lew quero fazer o mesmo, nem sempre dá tempo.

Lew is, the last

Talvez a Lew seja meu último cachorro de agility. Penso, daqui a 8 anos, ela no final de sua jornada esportiva, compete até os 10, ela se aposenta e eu também. Estaria com 50 anos de idade. "ahhh, isso vai demorar pra chegar Fabí". Ontem, mas ontem mesmo, Bola era um filhote. Em 2017 ele faz 10 anos.

Digo Talvez, como digo que só falta agora uma Kombi pra coleção de Volks aqui de casa, mas... sempre tem um mas...



Tags: ,

Agility | LEW

Lew is - treino 12/12/2016

escrito por Fabi Estiga nesta data  13. dezembro 2016 09:08

Acho que não chegou a hora ainda de intensificar os treinos da Lew, muito nova. Não sou o mais aplicado nessas questões de truques, alias diga-se a verdade: não sou nada aplicado. Logo preciso fazer algo, de boas.

Já treinamos uns conceitos de zona, túnel, umas corridas em linha reta pra soltar, passar pelas asas de saltos, no entanto isso do vídeo foi a primeira vez. E foi bom. Ela aprende bem rápido, mas é totalmente crua.

Das três meninas que chegaram nos últimos quatro anos, sem dúvidas, a Lew é a mais louca de todas. A Glee chegou bem calma, sentindo o terreno e demoramos para acertar o tempo, um do outro. A Coca é calma, na dela, escolhida justamente por ser assim, na dela. Surtou depois de um tempo.

A Lew chegou tocando o terror, é um filhote, porém quando estamos apenas nós dois ela fica muito focada. Pede para brincar, me chama e corresponde muito bem aos estímulos, muito melhor que a Glee e a Coca.

É óbvio que a Luiza deve ter estimulado mais essa ninhada e por esse motivo o que chegou foi um cachorro mais, digamos, "pré moldado". Mesmo assim penso que ela estaria um ou dois degraus acima das irmãs mais velhas, independente do estímulo.



Tags: , ,

LEW | Treinamento

Lew is - 4 meses

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. dezembro 2016 17:15

Hoje a ninhada faz 4 meses, aqui em casa a gente comemora a Lew. Ótima doga, magricela, 150% carinhosa, 200% louca. Aqui a foto de 3 meses.



Tags: , ,

LEW

Lew is - preto e branco - 5982

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. novembro 2016 22:08

A variedade de cores do Border Collie. Não faz muita diferença. Eu acho que sou meio antigo. Fotos em preto e branco. É claro que acho legal cores. Curto muito as cores, mas nenhuma delas é melhor que o preto e o branco.



Tags: ,

Fotos | LEW

Lew is - um mês em casa

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. novembro 2016 09:26

Parece que foram ontem as etapas no Dog World, mas lá se foram 30 dias ou mais da Copa CBA. Edition 8. E com isso a Lew fez um mês que está conosco. Doguinha muito ajustada, pirada da cabeça é verdade, de ótima adaptação.

Tirei muitas fotos dela ontem, como essa acima, com o celular. Nada digno de quadro. Apenas aquelas bobajadas que você guarda pra lembrar de como era o filhote daqui a dois três anos.

No meu instagram, tem mais: @fabiestiga



Tags: ,

LEW

Lew is... vídeo 3 meses

escrito por Fabi Estiga nesta data  10. novembro 2016 21:31

Pra documentar e deixar registrado, fiz um vídeo ontem, do aniversário de três meses da Lew. Só brincadeira com o paninho.



Tags:

LEW | Treinamento

Lew is - 3 meses

escrito por Fabi Estiga nesta data  9. novembro 2016 20:32

Domingo tem corrida, GP em Interlagos. Ontem Lew completou 3 meses de vida. Conto até completar 12, depois vou de ano em ano. É legal, comemora-se uma vez por mês e dá aquela marcada no crescimento.

O que dizer dessa cachorra louca? Bom, é difícil não fazer comparações, mas ela é mais ou menos o que o Schummy era quando peguei ele. Hoje eu acho que ela é até mais, porque sabemos muito mais do que sabíamos há quase 14 anos.

Não faço nada com ela além de brincar. E vamos levando assim, tudo é brincadeira. E ela responde de uma forma incrível. Eu costumava dizer que o Schummy tinha uma chave liga e desliga. Era ótimo para treinar e melhor ainda para ter em casa, ela também.

Ah, pra não dizer que não fizemos nada, dia desses ela fez túnel. Mas é como se fosse um playground para crianças. Você coloca o bebê no balanço, mas não espera que ela vire um ginasta olímpico. Embora eu espere. hehehe.

Muito feliz com a Lew, que até agora deu zero de trabalho. zero mesmo.



Tags: ,

LEW

Lew - em nome do rei

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. outubro 2016 15:39

Antes mesmo da Lew existir a gente aqui em casa conversava sobre o nome do próximo cachorro. Seria Lewis e pronto! Sem mais ou menos. E a Vívian só aceitou quando no quadro negro da cozinha eu escrevi Lewis e logo abaixo escrevi Elwis com "W". As mesmas letras!

Pena não ter convivido com esse velho rabugento, mas não tem homenagem maior do que essa, creio.



Tags: ,

BC | LEW

Lew - o nome

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. outubro 2016 11:15

Meu primeiro Border Collie se chama Schummy, hoje com quase 14 anos continua com o espírito lunático de um Border Collie, mas com o peso da idade. Em 2003 Schumacher, o Michael, era o dominante na F1. Então com cinco títulos mundiais. Seria campeão em 2003 e 2004 ainda.

Queria voltar com essa tradição. E agora a Lew (Liu) é o retorno dessa, que nunca deveria ter terminado. Ao invés de Guíça, Bola, Glee, Coca e Nimoy, deveriam todos ter nomes de pilotos.

Lewis Hamilton é muito masculino, mas Lew não é tanto. "Ah, mas isso é nome de macho". Depende. Na Itália Andrea é nome de homem. Kimi na Finlândia também. Tem alguns países que nomes são usados tanto para homens, quanto para mulheres. No caso dos cães fêmea e Macho.

Então, Lew é o retorno de algo que nunca deveria ter deixado de ser.



Tags:

Agility | LEW

Passou da hora - Lew

escrito por Fabi Estiga nesta data  18. outubro 2016 10:47

Foi em 11 de julho que falei com a Luiza sobre ninhadas. A gente conversa bastante sobre a Glee, que ela escolheu e mandou lá de Brasília. Um cruzamento interessante que eu já havia visto de Border Collie com Australian Cattle Dog. todos acham que a Glee é um ACD definhado.

E conversamos, ela mostrou o pai e a mãe do que ela pretendia cruzar e falou de uma ninhada de dogs de pastoreio. Ok. E as conversas continuam, treino, carteiras de trabalho, viagens e tals.

Final de setembro eu vi o compartilhamento da ninhada que ela havia comentado comigo. Calhou de eu estar pensando e escrevendo sobre isso. É aquela velha história, você vê o que quer ver. Os Modernistas, já que todos os cães receberam nomes de artistas brasileiros desse movimento, pareceram diferentes.

Dei uma zoada com ela, em relação aos nomes dos dogs.

Olhei todos e achei uma legal, a Clarice Lispector. Não falei nada pra Luiza. E ela comentou que a Clarice era legal dos quatro disponíveis. Até ela achava que era melhor que uma outra que o co-proprietário da mãe da ninhada, havia escolhido. Conversa de vendedor da Luiza. kkk.

Pedi pra Vívian olhar as fotos, e ela já sacando a péssima intenção da minha parte e sem que eu comentasse algo sobre filhote algum, disse "gostei da Clarice". Mais uns dias e a Clarice virou Lew. Está no Rio Grande do Sul, aqui em casa agora. Abaixo, no sábado ainda em São Paulo, nossa primeira foto.



Tags:

Agility | LEW

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"