Ah uma Brasa |oo -w- oo| até o DF

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. abril 2017 23:15

Sempre me pergunto como meu avô foi até Curitiba de Fusca, em 1979 para uma festa de aniversário minha e do meu pai. Tá certo que o carro era novo, mas mesmo assim deve ter sido uma baita viagem. Em todos os sentidos.

Uma boa meta de vida seria arrumar a Brasília pra deixar ela zerada de problemas e tentar rodar até Brasília com ela. Já pensaram? De Brasília em Brasília?

2091km de estrada, que bem poderiam ser divididas em quatro etapas. Rodando até Joinville no primeiro dia, depois até São Paulo. De lá até Ribeirão Preto e depois até Brasília. E depois voltar, é claro!!!

Voltar talvez fosse um problema. Mas sei-lá. Vamos ver, programar, pensar, tudo direito. Não vai ser amanhã que vou sair. Quem sabe daqui uns dois anos.



Tags: , , , , ,

Ah uma Brasa | On the Road

Ah uma Brasa |oo -w- oo| até o Pacífico

escrito por Fabi Estiga nesta data  10. abril 2017 12:12

O cara em 2012 foi até o Pacífico e voltou, saindo do Brasil com uma Brasília. Achei isso pesquisando fotos de estradas na Argentina.

Foram 16 mil quilometros por seis países. Pra quem gosta de viagem como eu, é muito massa. Fiquei até inspirado pra quem sabe fazer umas loucurinhas com a BrasaBlue, depois que ela estiver 100%, óbvio. Link abaixo!

http://neyjunior52.wix.com/rap/apps/blog



Tags: , , ,

Ah uma Brasa | On the Road

#dUsTiXa - Sampa City, lá vamos nós

escrito por Fabi Estiga nesta data  4. abril 2017 21:45

E eu achando que ficaria longe de São Paulo até as finais da Copa CBA em Maio! Que nada, vamos pra estrada hoje, eu e meu pai. Primeiro até Campinas, depois para Sampa mesmo.

Viagem de trabalho é mais tranquila, mesmo que de carro, porque não tem toda aquela loucura dos cachorros, preocupações mil com tanta coisa pra levar, mas a viagem também não é tão divertida. Porque é trabalho, não agility.

Vamos ver, de repente visito alguém em SP, socialmente. hehehe.



Tags: ,

On the Road

#ontheroad - de Fusca até Portão

escrito por Fabi Estiga nesta data  26. março 2017 23:11

Era pra encontrar uma galera de Canoas, em Canoas, de um Grupo chamado Independente Volks Clube. Mas o sono não permitiu. Corrida acabou as 4h30min. Dormi até as 10! Coisa boa. Tava precisando depois de uma semana na estrada.

Mas sobre o domingo de Fusca, o comboio seria para um encontro de Volkswagens até Portão. Não fomos. Fizemos o deslocamento solo. Pouco mais de 50 minutos e chegamos lá. A nossa inscrição foi a de número 353, a última do dia!!! Ganhamos camisa, caneca, adesivo e mais umas histórias pra contar.

Lew foi junto e a Vívian tirou essa foto nossa ao lado dessa Kombi incrível. Chegou uma hora que ela se atirou no chão cansada. Difícil ver isso acontecer com um Border, mas é provávelmente o estresse de ver tanta gente em um mesmo lugar.

Encontramos muitas pessoas, compramos uns bagulhos, fiz uns contatos de peças e rodamos com o carro. Foi nosso terceiro encontro de Fuscas e Derivados. Impressionante a quantidade de pessoas que amam esses carrinhos. Não sei bem se foram realmente 353 carros, creio que uns 150 estavam lá.

Na volta, uma passadinha no Graal de Gravataí, único do RS fica bem na nossa cidade, para um Café! Olhando para nosso Besouro que comportou-se extremamente bem nos 100km que rodou. Foi a volta mais longa que já fizemos com ele.

A próxima? Bom, o calendário de encontros de Volkswagens refrigerados a ar é bem complexo. Temos encontros todas as semanas aqui no RS, em cidades de todos os cantos, mas eles começaram a competir com as provas de agility. Vixi, aí deu ruim.



Tags: ,

Ah meu Fusca | carros e caixas | On the Road

#ontheroad - qualquer coisa a gente dorme na estrada

escrito por Fabi Estiga nesta data  9. março 2017 13:58

Parado é claro. Hoje, logo mais, sairemos para uma viagem bate e volta até SP. Tentando bravamente manter nossa meta que é participar de todas as provas nacionais. Depois desse final de semana faltará apenas as finais da Copa CBA.

Miguel publicou várias fotos da Copa Paulista e entre elas estavam duas ou três do Bola, inclusive minha última pista com ele. Uma desclassificação. Clique da Edilene.

Foram bons momentos em pista. Curti conduzir ele, embora estivesse totalmente voltado para as pistas da Glee. essa desclassificação com certeza me ajudou a completar o que poderia ter sido um combinado zerado. Infelizmente não foi. Paciência. Final de semana, bora concentrar, pras finais do Brasileirão.



Tags: , ,

Agility | On the Road

#dUsTiXa - lembranças da estrada

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. fevereiro 2017 18:05

50k no hodometro, dois pneus dianteiros chegando no fim da vida, um pouco de sujeira, uns arranhões e algumas histórias. Dustixa é massa e dá pro gasto.

Gosto de ver esse carro sujo. Porque a essência dela é essa. Na volta de São Paulo, essa última, ela virou os 49999. O barro da foto acima é lá do Clube de Cãompo.

E eu achava que a Duster era só mais um carro. Nanão. Tem um monte de fãs do carro no leste Europeu. Sim, lá na neve, no barro. Na Romênia. Muito legal isso.

Só hoje consegui lavar o barro do dia 4 e 5 de fevereiro. Coisa do trabalho. Ela não se importa. É o trabalho dela, pra isso que ela foi feita.



Tags:

On the Road

BR18 - prepara pras finais

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. fevereiro 2017 16:15

Mas parece que foi ontem que as provas da Copa CBA ocorreram no Clube de Câompo e já vamos falar novamente em nacional? É isso mesmo. Dias 11 e 12 de março já são as finais do Brasileirão. São 18 dias pro sábado da 3ª etapa.

O local é novo, iniciativa do Ricardo Tubaldini, vai ser uma prova no estilo das que ocorreram no Paineiras algumas vezes. As pessoas dormem no mesmo local das competições. Como o sítio é pequeno e comporta poucas pessoas em quartos, para alguns será assim e para outros não. Será como o de sempre para os estrangeiros.

Alias para nós que somos de fora as provas já são acampamentos, sempre.

Depois dessa prova, nossa meta de competir em todas as provas nacionais estará bem perto de chegar ao final. Doses generosas de Agility e BR101.



Tags:

Agility | On the Road

tudo ou nada, agora ou nunca, um lance a tua chance

escrito por Fabi Estiga nesta data  11. fevereiro 2017 00:29

Quando você está seco e tem que sair na chuva, a dúvida é o preço da pureza. Mas quando você já está molhado não existe motivo para voltar para o seco. Só volta quem quer a segurança. Quem acha que conseguirá ficar seco.

Quem disse que ficar seco é bom?

Tem uma música que a gente escuta sempre, se chama "FOCO, FORÇA E FÉ". Ela diz: "o sofá é um péssimo vício, vai te acomodar, prefiro o precipío pra me ensinar a voar".

Cá estamos novamente, em Itu - SP. Paineiras, Chalé 51. Uma boa ideia.



Tags:

On the Road

CBACUP8 - treino, shopping, piscina e chuva

escrito por Fabi Estiga nesta data  6. fevereiro 2017 11:13

Quem é de São Paulo sabe que tem chovido muito aqui nos últimos dias. Tem sido algo constante. De alguma forma é bom, mas até água demais faz mal.

Chegamos em Itu na quinta-feira, a gente queria treinar, porém não deu. A chuva atrasou alguns planos. No final das contas a gente deu umas voltas pela cidade e foi isso.



Sexta-feira, acordamos cedo e fomos até o Clube de Cãompo. Estrangeiros ávidos, pessoal de Brasília e do Espírito Santo também presentes. Pela manhã apenas o Agility-DF. Luiza, Katy, Luciano e Soraya.

Depois de treinar com o Samir fomos até o Shopping almoçar. Ótimas histórias. Gosto muito dessa lado do Agility, de onde vem cada um, onde está e é um belo exercício pensar pra onde vão.

A tarde voltamos para o Camping e fomos até a piscina. Água boa. As três piscinas do Camping Paineiras apenas para nós. Esperamos o resto da delegação chegar, mas infelizmente não chegaram dentro do prazo para tomar um belo banho.

Ah, é claro. No final da tarde choveu. Parou. Choveu e depois parou. Duas belas pancadas de chuva.

Ainda conseguimos jantar juntos, Aurélio, Nicolle, Felipe, Leandro, Meline, Eu, Vívian e Théo. A conversa não foi prolongada, muito tarde. Precisávamos acordar bem cedo no sábado. Prova começando as 9:30.



Tags: , , , ,

Agility | On the Road

#dustixas - vida a fora, noite a dentro

escrito por Fabi Estiga nesta data  1. fevereiro 2017 18:12

Pois é, Schummy está melhor e vamos arriscar essa viagem. Bora pra Sampa. Logo mais, mas logo mais mesmo. Estou escrevendo agora porque parei de arrumar o carro. Assim que tomar banho finalizo com os cachorros nas caixas e tchau!

Se tudo correr bem serão quase duas semanas "na estrada". Mais tempo em Itu e Sampa City.

Nesses primeiros dias o blog ficará meio largado, talvez. Porque não sei exatamente as condições de conexão que encontraremos no paineiras. Pega 3G, porém isso não quer dizer que conseguirei atualizar o blog. espero que sim.

De qualquer forma, Instagram e Face até vai.

Pros que estarão na estrada nos próximos dias, uma boa viagem. Pra quem é de SP também! Até mais galera.



Tags: ,

On the Road

hoje é 23 - 5984

escrito por Fabi Estiga nesta data  23. novembro 2016 17:13

Dia 23 é um dia de lembranças fortes. Foi em 2010 que capotamos na estrada entre São Paulo e Curitiba. Pertinho da divisa entre SP e PR. A batida não foi forte, mas o carro ficou acabado.

Tem coisas desse dia, entre elas o momento exato do capotamento, que eu não vou esquecer nunca. O acidente está gravado em câmera lenta na minha memória. Foi a viagem, entre idas e voltas, mais longa. Quase 24 horas na estrada.

Assim que o carro parou, de lado, a porta do motorista no chão. Eu olhei pra Vívian perguntei se ela estava bem e comecei a sair do carro. Minha preocupação era saber se os cães estavam dentro do carro. Empurrei o parabrisa, só que a Vìvian nao conseguia tirar o cinto.

Como eu sempre digo, caixas transporte. O seu cachorro, dentro de uma caixa transporte.



Tags:

On the Road

#ontheroad - #dUsTiXa - Café, Café, Café

escrito por Fabi Estiga nesta data  14. outubro 2016 18:03

Viagem super de boas, sem trânsito, acidente, obras, três paradas (Araranguá, Joinville e Registro) com direito até mesmo a uma soneca de duas horas. Duas horas de sono quando você está dirigindo te garantem mais algumas horas de volante.

Na foto acima, ainda em Joinville no posto Rudinik. Um bom lugar pra parar, com banheiros que tem chuveiros. Dá pra tomar um banho se quiser, antes de continuar a viagem. O café espresso precisa de aprimoramento, embora seja bom. Recomendo.

Começamos a viagem meio que junto com a galera do vale dos sinos. Aurélio, Douglas e Felipe. Nos encontramos no restaurante Japonês e dali pra frente seguimos até Laguna, meio juntos. Perdemos o contato e depois soubemos que eles pararam em Florianópolis para dormir. Nós andamos mais e dormimos na cidade do Tiago Truta Rock, Joinville.

Äs seis da manhã já estávamos acordados, tomando um café para seguir até a próxima parada, Registro - SP. É um belo de um stint. 335km. Pra comparar, andamos 200km de Gravataí até Araranguá, depois 371 até Joinville. De Joinville 335 até Registro e depois mais 200 até Sampa. A viagem ficou bem dividida, talvez por isso não tenha sido cansativa.

Bom, agora é dormir cedinho pra enfrentar um dia de provas no Dog World.



Tags:

On the Road

Até o próximo domingo - ontheroad

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. julho 2016 22:14

Quase pegando a estrada tive que escutar "tu sabe por onde vai?". Pensei em não responder, mas apesar de não saber bem pra onde estava indo, disse "claro, sei". Depois da corrida de F1, GP da Hungria, terra de onde vem o principal árbitro da abertura do BR18, colocamos as rodas pra rodar.

O ponto final seria Santa Cruz do Sul, acabou sendo uma cidade que fica no interior da já citada, chamada Sinimbu. Porém logo na primeira parada, na Casa do Mel, topamos com essa Kombi ai. Baita idéia, nela já tem os ícones das redes sociais. Casa do Mel, uma dica do meu Pai que sempre para ai quando viajamos a trabalho, fica em Tabaí. 

Continuamos e fomos até Venâncio Aires, que tem uma igreja incrível, das mais bonitas do Rio Grande do Sul. A cidade tem 65 mil habitantes. Ah, esqueci de falar. Levamos quatro cães. Gorda, Nimoy, Coca e Glee. A cidade é forte na produção de Erva-Mate. Na cidade comemos um picolé da Kibon e seguimos viagem.

Próxima parada... Santa Cruz do Sul.

Com quase 150 mil habitantes, creiam isso aqui no estado é muito, Santa Cruz é uma cidade mais rica, digamos. Tem uma igreja praticamente igual a de Venâncio, só que de outra cor. kkk. Lá fomos parados na praça para falar dos cachorros. O que era isso, o que era aquilo, porque fomos com quatro cães distintos. Um SRD, um Collie... quero dizer Shetland, um Dachshund e um Border Collie.

Depois de mais uma parada na igreja matriz, nossa viagem virou uma "Church Tour", seguimos para Sinimbu, que nem estava no roteiro inicial. Mas fomos. Tiramos fotos, veja só que coisa, na igreja e andamos um pouco pela pacata e parada cidade. Só quem nos deu atenção, uma das poucas "almas vivas", foi essa vaca. "Turistas" disse ela e depois deitou. 10 mil habitantes temos por lá. Eu contei umas 20 pessoas.

Ai voltamos para Santa Cruz, para um último café, no Racho Américas. Um lugar incrível. É tanta, mas tanta coisa pra olhar, que em uma passada você não vê tudo. Tudo o que você imagina de coisas antigas e velhas, um mundo de poeira e mofo. Discos, telefones, vitrolas, rádos, tvs, malas, bikes, canecos, placas mil... não tem como falar tudo. Imagina!!! Não tem como ver tudo, falar então...

Estar lá é viajar para o passado e também para o futuro. Ajuda a pensar no tanto de coisas e informações que já passaram pela tua vida. Aquela calota de Fusca, o engradado de madeira da Coca-Cola, a máquina de escrever, os gibis do Tex sobre a mesa, os discos, os livros.

Ao lado a frente do... não sei em que categoria eu coloco o estabelecimento. Acho que é um paradouro.

No final das contas foi uma ótima viagem, de um dia, mas com muitas lembranças incríveis. Sem nenhuma programação, sem parada certa, sem meta, nem horário. Só a certeza de que você não precisa ir longe pra conhecer lugares inscríveis.

Uma boa semana para todos!



Tags:

Até o próximo domingo | On the Road

#ontheroad - #dUsTiXa - zona rural

escrito por Fabi Estiga nesta data  31. maio 2016 11:41

Foi uma viagem de altos e baixos, subindo e descendo morros pela zona rural de Atibaia. Ficamos na casa dos Minet, com o Eugênio e a Zenaide. Pra quem não conhece, eles são os pais do Felipe Minet. kkk. Obrigado por tudo, o melhor foram as conversas, como sempre. E o churrasco.

Entre brigas e rompimentos com o GPS, nos perdemos algumas vezes pela estrada, uma delas a noite em uma rua que só passava um carro, basicamente só havia o trilho para as rodas. Manobrar sem 4x4 nessas condições é perigoso. Eu odeio passar em estradas de chão, mas adoro o resultado do carro sujo, porque gosto de lavar o carro.

Lembranças da estrada, cicatriz de guerra.

E o Eugenio está afastado do Agility. Na sexta quando chegamos lá enquanto ele começa a cortar a carne pra colocar na churrasqueira, a Zenaide colocava os pratos na mesa gigante de madeira, falei pro Théo "o Eugenio é campeão mundial de agility". Ele fez uma cara de tipo "como assim?". Não sei bem o que ele pensou na hora, mas o fato é que pro Théo é algo anormal, embora ele esteja todos os dias com pessoas que já estiveram em pódios, incluindo o Aurélio, que ô treina constantemente.

Campeões são Cristiano Ronaldo, Messi, Gotze pra ele. E o churrasqueiro daquela sexta-feira também. Coisas que apenas o agility nos permite. No domingo pela manhã os dois ficaram trocando uns passes com a bola de futebol americano.

Segunda-feira acordei as 3h30 minutos, antes do relógio e comecei a carregar o carro, montando o quebra-cabeças que é colocar quatro caixas, mais bagagem e presentes pra dentro. Entre uma coisa e outra pensava. Como é bom fazer novas amizades, conhecer gente diferente. Como é bom andar de carro, como é bom ter cachorro, como é bom esse agility.



Tags: , , , , ,

On the Road

#ontheroad - #dUsTiXa - churchstop

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. fevereiro 2016 20:00

Eu sou o cara que pediu pra abortar as aulas da primeira comunhão, porque elas não levariam a nada, mas que gosta de igrejas. Não sei, acho que é a arquitetura que me chama atenção e o fato de que em qualquer cidade tem, no mínimo, uma igreja.

Mas quando você olha a foto não imagina onde é que a igreja está localizada. A maioria das vezes ela está na praça da cidade,porém em outras tenho que dar uma banda pra captar a imagem, como podemos ver acima.

Dustixa offtheroad.

Passa Sete é um município que fica numa serra, leve. Mas é mais de 500 metros de altura. Cerca de cinco mil habitantes. Perto de Santa Cruz do Sul, cidade conhecida pela maior OctoberFest do estado. Todavia Passa Sete é ao lado de Candelária, que é o lar do Guaíbassauro, que vem a ser o Dinossauro Gaucho.

Dessa vez eu trouxe a máquina de retratos mesmo! Pra começar a tirar fotos boas das igrejas e acabar com essa história de bater com o celular, que é ótimo pro dia a dia, só que nunca chegará aos pés de uma boa câmera.

Passei por várias cidades, como Santa Cruz, hoje. Que tem uma igreja linda, só que o céu lá estava feio. Ai deixei pra próxima vez, quem sabe no outuno a luz melhora.



Tags: ,

Fotos | On the Road

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"