XIIIBR - os graus 1

escrito por Fabi Estiga nesta data  8. maio 2012 23:38

Vamos lá gentes. Ninguém quis comentar ou ninguém leu (só o Dani) sobre os iniciantes, porém continuaremos! Vou colocar mais da minha opinião. No grau 1 os rankings foram fracos em termos de concorrência. Os campeões tem méritos óbvio, estiveram lá competindo e nem é questão de falta de competência. É o momento, acontece. Os rankings grau 1 sempre são instáveis.

Mas vejam só, todos os campeões chegaram ao título marcando pontos em apenas quatro provas, a pontuação também foi baixa comparada a temporadas anteriores. Zap, campeão 2011/2012 ficaria na terceira posição ano passado, mesmo sendo possível nessa temporada marcar mais pontos segundo o regulamento.

Muito bom, e ai preciso dizer, que nenhum cão rebaixado venceu. Acho isso ótimo, os títulos ficaram com duplas que estão realmente naquele grau.

Apostei em Bolinha, Rock, Mad e Nubia. Errei TODOS!!! Os campeões foram: Lola, Fly, Zap e Plumera, conduzidos por Márcio, Marcos Victor, José Luiz e Luis Alfredo. Parabéns para todos!



Tags:

Agility

Comentários

9/5/2012 00:10:56 #

Vívian Razel

Grau 1 é grau de passagem, então gera poucos pontos. Ou o povo desiste ou passa, como por exemplo o Zezinho. Poucas provas indo bem bastam pra ganhar o campeonato. Bom? Ruim? Será que isso não é característica do grau?

Vívian Razel Brasil |

9/5/2012 12:13:29 #

Carol

Concordo com a Vivian, não tem muito o que fazer. Por isso normalmente são os rebaixados que ganham, não só porque eles já tem mais experiencia mas pórque mesmo que façam os 3 EZs, eles conitnuarao no grau. Assim, marcam pontos durante todo campeonato, coisa que outras duplas novas nao fazem porquem vao embora para o g2.

Carol Brasil |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"