Um degrau por vez

escrito por Fabi Estiga nesta data  4. junho 2013 22:06

Falei aqui dos campeões do grau 3 e há um bom tempo quero escrever esse post, sobre meu brother Tiago Truta Rock Seethreshing-floor, que é um dos caras mais gente boa que conheci. Quando ele começou nessa bagaça eu dava vários conselhos. Irreal nos dias de hoje. Foto abaixo by Jump Agility.

Fato, ele batalhou nos últimos anos pra estar onde ele está. Tem talento pra isso. A maioria de nós está e estará lá pra cumprir uma função típica, a de fazer número. Poucos chegarão no topo. E quando você tem talento e trabalha dificilmente o resultado não aparece.

Os quatro títulos da Copa Paulista são prova do trabalho, parte boa. A parte triste, se é que dá pra chamar assim foi o vice no XIV Brasileiro. Ele merecia o título? Sim merecia, ficou em primeiro lugar nas 9 etapas. José Luiz merecia? Claro! Sem dúvidas, ficou em 1º lugar na derradeira. Vence a corrida quem cruza a linha de chegada da última volta na primeira posição. E isso é incontestável.

Tiago vem cumprindo um papel importantíssimo dentro do Agility. A história é muito interessante e serve de exemplo. Happy, é o primeiro Border Collie que ele treinou. A evolução em si já é uma vitória. Nos anos anteriores, foram 6º. 5º e 7º.

Liderar agora durante tantos meses é uma vitória. Vejo esse brasileiro como mais um degrau que subiu. Se nos outros anos houve estagnação, em 2012/2013 a evolução. Talvez no prómixo, quem sabe? Ou talvez nunca seja. As vezes o prêmio por uma grande temporada não é o título em si, mas o reconhecimento e aqui está o meu.



Tags:

Agility

Comentários

7/6/2013 11:25:58 #

Tiago/Happy

E ai meu truta, fiquei emocionado com as palavras.
Só tenho a te agradecer por tudo que sempre fez , tu sabe do meu esforço e dedicação. Também sabe que isso foi mais um aprendizado e com certeza só vem para fortalecer.
Um grande abraço e obrigado pela lembrança.
Beijos...

Tiago/Happy |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"