Guíça x Glee, pelos mesmos caminhos

escrito por Fabi Estiga nesta data  11. abril 2014 18:37

(4946) Engraçado como sem querer, ou por querer inconsciente, as histórias da Guíça e da Glee são costuradas de forma quase igual. No hoje longe 2006, tive que trocar Schummy pela Guíça numa inscrição, um dia antes da primeira viagem para o VIII Campeonato Brasileiro. Schummy machucado e me vi com uma doga medrosa, num lugar que nunca havia competido e com obstáculos que ela nunca tinha feito.

Glee tem muito mais bagagem que a Guíça tinha, por exemplo um ano a mais de vida ao colocar patas em pista. Já sabe slalon, gangorra, tem idéia do que é um muro e um pneu, porém nunca treinou casa. E foi isso que tive que mostrar pra Glee hoj sexta-feira. Um dia antes da prova. Claro que os trabalhos feitos pelo Théo em fevereiro, entrando no Chestival e no Paranaense já lhe deram um conhecimento que sua antecessora não tinha, isso é muito bom.

Lembro que em 2006 fui fazer uns treinos de salto em distância e muro em São Leopoldo, treino extra na Amigo Cão. Aurélio deixou o portão aberto. A primeira vez da Guíça acabou na passarela, subiu a primeira, sentiu medo e pulou. Ai não subiu mais e nem entrou em pista no domingo.

Eu adoro essas coincidências, esses destinos bem traçados da vida em histórias mal contadas.

Quem era o árbitro da prova de 2006 do iniciantes? Quem? O mesmo que vai apitar na 7ª etapa do XVBR. José Luiz Filho. Creiam! Não é algo incrível? Parece que a vida me colocou novamente uma missão, com cara de segunda chance, e diz assim "vai lá e faça melhor, faça por merecer".

Só pra dar uma emoção maior. kkk.



Tags:

Agility

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"