Passou da hora - Lew

escrito por Fabi Estiga nesta data  18. outubro 2016 10:47

Foi em 11 de julho que falei com a Luiza sobre ninhadas. A gente conversa bastante sobre a Glee, que ela escolheu e mandou lá de Brasília. Um cruzamento interessante que eu já havia visto de Border Collie com Australian Cattle Dog. todos acham que a Glee é um ACD definhado.

E conversamos, ela mostrou o pai e a mãe do que ela pretendia cruzar e falou de uma ninhada de dogs de pastoreio. Ok. E as conversas continuam, treino, carteiras de trabalho, viagens e tals.

Final de setembro eu vi o compartilhamento da ninhada que ela havia comentado comigo. Calhou de eu estar pensando e escrevendo sobre isso. É aquela velha história, você vê o que quer ver. Os Modernistas, já que todos os cães receberam nomes de artistas brasileiros desse movimento, pareceram diferentes.

Dei uma zoada com ela, em relação aos nomes dos dogs.

Olhei todos e achei uma legal, a Clarice Lispector. Não falei nada pra Luiza. E ela comentou que a Clarice era legal dos quatro disponíveis. Até ela achava que era melhor que uma outra que o co-proprietário da mãe da ninhada, havia escolhido. Conversa de vendedor da Luiza. kkk.

Pedi pra Vívian olhar as fotos, e ela já sacando a péssima intenção da minha parte e sem que eu comentasse algo sobre filhote algum, disse "gostei da Clarice". Mais uns dias e a Clarice virou Lew. Está no Rio Grande do Sul, aqui em casa agora. Abaixo, no sábado ainda em São Paulo, nossa primeira foto.



Tags:

Agility | LEW

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"