Até o próximo domingo - os dedos sempre ficam

escrito por Fabi Estiga nesta data  15. maio 2017 00:27

O final de semana foi de pouca produção. Chove desde quinta-feira e é aquela chuva de molhar bôbo. Logo não posso sair na rua. Falando sério, essas chuvas fazem os dias improdutivos. Hoje até não choveu, mas também não deu vontade de fazer muita coisa.

Nosso almoço de dia das mães foi sábado, porque meus estariam voando no domingo de madrugada. Fomos até Igrejinha, num restaurante legal, que tem perto uma, vejam só, igrejinha.

Não teve

Não teve treino nesse sábado, e essa semana e a próxima prometem ser de muito trabalho. Aurélio estará julgando no Rio, logo também não teremos no próximo.

Pouco treino começa a colocar dúvidas sobre a viagem para Atibaia. Já relatada aqui como a mais cara dessa temporada, por conta do alto valor da hospedagem. Competir sempre é bom, mas também é bom ser racional.

Se vale ou não vale, já não sei. O que sei é que 1600 reais em quatro dias é muito dinheiro pra uma prova que vale praticamente nada. Talvez seja o tempo, meu humor não anda dos melhores.

Não consegui também remontar a Brasília. Colocar os paralamas, as partes de borracha, limpadores de parabrisa, capô, menos ainda continuar a reforma em outras partes. Pouco avanço. Precisava na real de uma garagem pra fazer algumas coisas. Não tenho, e começo a pensar seriamente nas minhas prioridades.

Agility X Carros, reformas X treinamento, obstáculos X equipamentos...

Odeio pensar assim, sei que a maioria das pessoas visitam o blog porque gostam de agility, mas é impossível não pesar prós e contras. Infelizmente.

Uma boa semana para todos e que ela nos traga serenidade.



Tags:

Até o próximo domingo

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"