Elvis e Tobby: eternos

escrito por Virazel nesta data  30. abril 2018 23:22

Com a praticidade das redes sociais e do uso do celular, escrever aqui ficou mais difícil. Porém tem coisas muito muito importantes que eu queria deixar registrado, até porque tem mais palavras que suportam a tolerância da leitura de facebook e instagram. Quem ler aqui é porque está disposto a LER e não apenas ver uma legenda de foto ou um breve comentário de algo.

Mês de abril

30 de Abril de 2016: a guerra do meu Rei Elvis chega ao fim! Incrível como esses 2 anos passaram rápido. Parece que foi ontem, parece que nunca foi. Creia você no que quiser, mas o fato da presença da Lewis (Lew) faz o Elvis muito aqui. Ela ocupa os espaços dele. Elvis vivia me esperando na porta do banheiro. Ela me espera. Elvis saia no pátio, pegava um brinquedo e saia correndo. Ela faz. Elvis dizia com a pata que me amava. Ela faz. Não, não ensinamos nada disso pra ela e ela não aprendeu com ele. Mesmo assim, com tudo isso, sim eu sinto falta dele e lembro todos os dias de tudo o que ele me fez viver! 

5 de Abril de 2018: Tobby deu seu último suspiro bem típico dele, dormindo na cozinha. Demorei pra falar dele e do que aconteceu. Fabiano o fez por mim aqui e aqui. Problemas cardíacos e renais atacaram meu dourado e rapidamente ele se foi. Não dá pra dizer que foi sem sofrimento, mas já que é inevitável, que seja rápido. Quando fui visitar meus pais e eles me falaram que ele não tinha acordado bem, vi pelo olhar que a coisa não parecia tão simples. Ele estava cansado. Quis dormir pra sempre. Tobby merece muitos e muitos posts de gratidão! E vou dar a ele esse presente! Muita gratidão por tudo e pelo mundo que ele fez se abrir, pelas pessoas que conheci, pela visão de mundo que ele me ofereceu. 

Gratidão eterna pelos meus amores, Elvis e Tobby que agora estão juntos, companheiros de sempre, pra sempre!

Fotinho by Helô que eternizou esse momento.


Tags:

Elvis | Tobby

Comentar


(Vai mostrar seu Gravatar)

  Country flag

biuquote
  • Comentário
  • Pré-visualização
Loading



Vívian Razel

Começou dentro do agility por volta de 1999 em São Paulo, primeiro apenas acompanhando as provas de agility, frequentando treinos e aulas de adestramento. Alguns anos mais tarde surgiu a possibilidade de comprar seu primeiro Border Collie, em 2003. Elvis, cão que... leia mais

 


Últimos Comentários

Comment RSS


Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"